PUBLICIDADE
Logo do

Tecnologia e Soluções

Você conhece o conceito de Cidade Inteligente?

Entenda como a tecnologia pode conectar os moradores de uma cidade e facilitar serviços

25 jun 2021 12h00
| atualizado em 2/7/2021 às 21h34
ver comentários
Publicidade
Cidade Integrada
Cidade Integrada
Foto:

A tecnologia e os serviços de inteligência artificial formam uma cadeia invisível tão eficiente e automática que muitas vezes nem percebemos que coisas simples do nosso cotidiano, como a configuração de um semáforo ou o sistema de caixa de um supermercado, dependem de inovações tecnológicas para funcionar. Muitos serviços, como configuração de tráfego de veículos e rastreamento de rotas de transporte público, por exemplo, são ainda mais intrincados, já que funcionam de forma integrada, criando sistemas que organizam toda uma cidade.

Esse conceito de “cidade inteligente”, que faz uso de tecnologias avançadas para melhorar a vida dos cidadãos e otimizar a organização pública, não é novo e já começa a ser aplicado em algumas capitais brasileiras. Um exemplo global bem sucedido é a cidade de Tel Aviv, capital de Israel, que passou por uma transformação utilizando interfaces de inteligência artificial para integrar os principais serviços públicos da cidade. A partir da interface do Microsoft 365, a administração pública criou programas como o Clube de Residentes DigiTel e o aplicativo móvel Digitel, que oferecem serviços digitais para moradores como aluguel de bicicletas, centrais para que os moradores possam acionar a prefeitura em casos como acidentes de trânsito, canos estourados e problemas de estrutura e até mesmo um sistema que permite que você consulte em tempo real quais casas de shows e espetáculos estão funcionando naquele momento com ingressos exclusivos e rotas inteligentes para você se descolar.

Tais serviços podem parecer distantes da realidade brasileira, mas as ferramentas da Microsoft de inteligência artificial conseguem dar conta de grandes bibliotecas de dados, o que facilita a vida em cidades notavelmente burocráticas. A partir das interfaces do 365, um serviço de agendamento de um documento, por exemplo, pode ser feito em segundos a partir da análise de uma base de dados e oferecer ao usuário uma data e horário disponíveis, documentos necessários e como se organizar imediatamente. 

8 tecnologias para cidades inteligentes
8 tecnologias para cidades inteligentes
Foto: FF

Um exemplo atual é a chegada da Linkle no Brasil em fevereiro de 2021, usando a tecnologia da Microsoft para conectar, em uma mesma área geográfica, empresas com vagas disponíveis a candidatos com dificuldades de acesso a empregos. Usando tecnologia de IA, a empresa tenta criar um match mais democrático entre profissionais e oportunidades, abrindo espaço para pessoas de várias demografias e classes sociais.

Serviços como o Microsoft CityNext também podem mudar a cara das cidades brasileiras, com avanços de IA e machine learning que podem trazer colaborações entre equipes multidisciplinares de empresas privadas e poder público para oferecer serviços especializados de assistência social e habitacional, por exemplo. Com as tecnologias de nuvem da Microsoft, usuários podem, por meio de seus celulares, encontrar soluções móveis que fornecem informações e recursos desde educação até saúde pública.

Um exemplo bem sucedido de serviços do tipo aconteceu em Barcelona, na Espanha, em uma iniciativa da Bismart com interface da Microsoft. A cidade reuniu várias fontes diferentes e criou uma solução de Big Data na nuvem, permitindo que turistas e residentes acessem informações em tempo real de funcionamento da cidade, história e serviços de saúde, moradia e entretenimento por meio de uma interface de IA.

 

 

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade