PUBLICIDADE

Produtores sul-coreanos de games atraem jogadores e empresas com NFTs e criptomoedas

25 nov 2021 11h30
| atualizado às 11h51
ver comentários
Publicidade

Os produtores de videogames da Coreia do Sul estão atraindo jogadores com serviços que usam tokens não fungíveis (NFTs), seguindo uma tendência que as empresas veem como o futuro do setor e gerando uma forte alta em suas ações nas últimas semanas.

Feira de videogame E3 em Los Angeles
12/06/2019
REUTERS/Mike Blake
Feira de videogame E3 em Los Angeles 12/06/2019 REUTERS/Mike Blake
Foto: Reuters

A vantagem é que esses NFTs podem ser negociados por dinheiro digital, ou seja, criptomoedas. No entanto, os reguladores sul-coreanos baniram os jogos NFT do país por causa da preocupação de que esses novos serviços possam alimentar o vício entre adolescentes e muito jovens. Por enquanto, esses jogos são acessíveis apenas no exterior.

"Não é a tecnologia blockchain que estamos banindo", disse uma autoridade do Comitê de Administração e Classificação de Jogos da Coreia do Sul à Reuters, sob condição de anonimato. "O que estamos dizendo 'não' é para a aplicação de NFTs que possam estar conectados a ativos reais", disse.

Isso não impediu que a produtora sul-coreana Wemade avançasse com o lançamento global do game aplicado para NFT, MIR4, no final de agosto.

O jogo atraiu mais de 1,3 milhão de jogadores no exterior, fazendo com que o preço das ações da empresa disparasse mais de 600% desde o lançamento. O valor de mercado também disparou mais de 11 vezes, para 6,6 trilhões de wons (5,55 bilhões de dólares) durante o mesmo período.

No jogo MIR4 da Wemade, no momento, os jogadores só podem ganhar dinheiro garimpando "Dark Steel", que pode eventualmente ser convertido na criptomoeda listada WEMIX.

A WEMIX tem sido negociada em uma faixa de 17,50 dólares a 21,64 dólares nas últimas 24 horas, em comparação com 0,21 dólar no início do ano, de acordo com a CoinMarketCap.

Apesar do obstáculo regulatório local, outros desenvolvedores sul-coreanos também estão procurando lucrar com a explosão dos NFTs.

"Ganhar costumava ser o objetivo principal dos jogos ... mas com a integração de NFTs e criptomoedas, tornou-se mais do que apenas vencer a partida, mas um método de ganhar dinheiro", disse Lee Sang-hun, analista da Hi Investment & Securities.

Neste mês, a NCSoft Corp afirmou que está aprontando o lançamento em 2022 de um game que inclui elementos de NFTs e blockchain. As ações da empresa saltaram no limite diário de 30% em 11 de novembro, quando a produtora fez o anúncio.

A Krafton, responsável pelo sucesso "PlayerUnknown's Battlegrounds", também viu suas ações dispararem, até 22% desde 11 de novembro, quando a empresa anunciou que estava avaliando a integração de NFTs em seus jogos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade