6 eventos ao vivo

SoftBank e General Atlantic lideram aporte de R$ 580 mi na Acesso Digital

Focada em serviços de identidade digital, a startup recebe segundo aporte em 2020; rodada anterior foi liderada pela Igah Ventures

21 set 2020
17h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Acesso Digital, startup de serviços de proteção de identidade digital (IDtech), anunciou nesta segunda-feira, 21, o recebimento de um aporte no valor de R$ 580 milhões, liderado pelos fundos General Atlantic e SoftBank. A startup, que trabalha oferecendo autenticação de identidade digital, já tinha recebido um aporte de R$ 40 milhões em janeiro deste ano, na época liderado pela Igah Ventures.

Com o investimento, a startup espera crescer em tamanho e em serviços, afirma Paulo Alencastro, cofundador da empresa. Segundo ele, agora é importante olhar para a própria equipe e para o aumento de parceiros. "Com o aporte levantado nessa rodada, esperamos continuar escalando o negócio, aumentando a base de clientes, a oferta de produtos e serviços, além de investir em equipe e aquisições estratégicas, como fizemos recentemente com a incorporação da Meerkat, startup de análise de imagens". Entre os clientes da empresa hoje, estão nomes como os varejistas B2W, Carrefour Brasil e Magazine Luiza, entre outros.

Recém-chegada no mercado de telemedicina, a startup foi fundada em 2007 e tem experiência em serviços de identidade digital, como reconhecimento facial e assinatura eletrônica. O movimento foi uma resposta à crise enfrentada pela pandemia de coronavírus tanto pela necessidade de expandir os negócios quanto pela demanda. Desde março, o faturamento da Acesso Digital cresceu cerca de 28% e as transações dobraram desde então.

"A pandemia mostrou o valor de soluções digitalmente nativas e aumentou a urgência das empresas na adaptação de seus negócios para a era digital", afirma Diego Martins,presidente da Acesso Digital. "O aporte vai nos permitir ampliar ainda mais nossa participação nessa tendência e reforçar nossa posição de liderança em novos e importantes mercados, como telemedicina, e-commerce e telecomunicações. Somos gratos pela parceria com dois dos maiores investidores globais em tecnologia e esperamos atuar com nossos novos parceiros estratégicos para expandir ainda mais o negócio", diz Martins.

Com os recursos, a empresa também pretende expandir seu time: segundo martins, a companhia tem cerca de 150 vagas em aberto, sobretudo para engenheiros, para reforçar o time atual de 230 funcionários. Parte do reforço da equipe pode vir da aquisição de rivais menores, em um movimento similar ao de gigantes de tecnologia, um caminho alternativo para enfrentar a dificuldade de atrair talentos no mercado.

Com isso, além de ampliar a base de clientes, a Acesso Digital prevê desenvolver soluções proprietárias mais complexas, como o uso de reconhecimento facial para concluir pagamentos, solução já em piloto em algumas varejistas, e a biometria de íris, tida como próxima geração da biometria.

Com o aporte, General Atlantic e SoftBank assumem uma participação minoritária na Acesso Digital, na qual terão um assento cada uma no conselho de administração. Martins, que prevê para 2020 faturamento de R$ 150 milhões, mais que o dobro dos R$ 70 milhões no ano passado, já tem no horizonte o próximo passo da Acesso: "nosso plano é fazer a abertura de capital ainda no controle da empresa, no prazo de 5 a 7 anos". / COM REUTERS

Veja também:

Apple Event: 3 detalhes que merecem destaque
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade