0

Falha no WhatsApp permitiu invasão de hackers a contas por chamada de vídeo, diz site

A conta do aplicativo ficava vulnerável assim que o usuário atendia a chamada de vídeo; de acordo com os sites ZDnet e The Register, a falha do aplicativo foi descoberta no fim de agosto e corrigida pelo Facebook no início deste mês

10 out 2018
12h20
  • separator
  • comentários

Uma falha no WhatsApp, aplicativo de mensagens que pertence ao Facebook, permitiu que hackers invadissem contas de usuários utilizando o recurso de chamada de vídeo - a conta do aplicativo ficava vulnerável assim que o usuário atendia a ligação. A notícia foi publicada nesta quarta-feira, 10, pelos sites ZDnet e The Register, especializados em tecnologia.

Não está claro se a falha foi usada alguma vez em qualquer ataque antes de ser corrigida. De acordo com os sites, a vulnerabilidade no aplicativo foi descoberta no fim de agosto e corrigida pelo Facebook no início deste mês. Foram afetados tanto aparelhos da Apple quanto smartphones Android.

O pesquisador de segurança do Google Travis Ormandy disse no Twitter que a falha do WhatsApp é um grande problema. "Apenas atender a uma chamada de um hacker poderia comprometer completamente o WhatsApp", disse.

O Facebook não respondeu imediatamente a pedidos por comentários. A rede social sofreu com uma série de problemas relacionados à segurança. A empresa divulgou na semana passada sua maior falha de segurança que afetou quase 50 milhões de contas.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade