0

Facebook abre inscrições para aceleração de startups

Em parceria com a fomentadora de negócios de impacto social Artemisia, programa quer captar até 10 empresas inovadoras

5 dez 2018
16h43
atualizado às 16h47
  • separator
  • comentários

À procura de pelo menos 10 startups que estejam envolvidas com soluções que "tenham potencial de melhorar a vida das pessoas", o Facebook abriu as inscrições para a terceira turma do seu programa de aceleração, que ocorre entre fevereiro e julho de 2019. Em parceria com a fomentadora de negócios de impacto social Artemisia, o programa da Estação Hack São Paulo - o centro de apoio à inovação da corporação de tecnologia no Brasil - já apoiou 20 projetos de empresas nascentes desde a primeira edição.

Em parceria com a fomentadora de negócios de impacto social Artemisia, o Facebook lança inscrições para o seu programa de aceleração, que quer captar até 10 empresas inovadoras
Em parceria com a fomentadora de negócios de impacto social Artemisia, o Facebook lança inscrições para o seu programa de aceleração, que quer captar até 10 empresas inovadoras
Foto: Reuters

Além de ter de trabalhar com propostas que sejam de impacto social, as startups precisam estar em uma fase mais avançada com seus produtos. O Facebook procura empresas nascentes que já tenham lançado alguma inovação no mercado, algum protótipo, ou produto em fase de teste. Para o terceiro ciclo de aceleração da Estação Hack, as soluções deverão passar por dois temas centrais: a área de seleção e contratação de talentos e profissionais; ou que trabalhem com o conceito de cidades inclusivas e sustentáveis, comumente chamada de Smart Cities.  

O diretor da Estação Hack São Paulo, Eduardo Lopes, diz, em nota, que a preocupação dos empreendedores deve ser centralizada nas pessoas. "Queremos nesse novo ciclo de aceleração empresas que compartilhem a ideia de que tecnologia e impacto social podem trazer desenvolvimento social para o País." Com a mesma preocupação, está a diretora-executiva da Artemisia - parceira do Facebook na iniciativa - , Maure Pessanha. "Buscamos startups de impacto social inovadoras e que queiram resolver os problemas de hoje e construir o amanhã", afirma, também em nota.

As 10 startups que passarem na seleção do programa, terão residência garantida na Estação Hack São Paulo, acesso aos mentores da rede Artemisia e Facebook, e também receberão assistência para refinamento e construção de seus modelos de negócios. As inscrições estão abertas até o dia 10 de dezembro deste ano e podem ser enviadas no site https://www.artemisia.org.br/aceleradoraestacaohack/.

Veja também:

 

Fonte: Equipe portal

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade