0

Elon Musk saboreia constrangimento em apresentação de novo veículo da Tesla

Demonstração de resistência de janela não saiu como o planejado

22 nov 2019
11h14
atualizado às 19h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Musk não esperava vidros estilhaçados nas janelas do Cybertruck 
Musk não esperava vidros estilhaçados nas janelas do Cybertruck
Foto: Reprodução/YouTube / Estadão

Erros em demonstrações de novos produtos tecnológicos são comuns - e claramente constragem quem vê os holofotes do marketing virarem canhões de risadas. Na noite desta quinta, 21, foi a vez de Elon Musk provar o sabor da torta de climão. Aconteceu durante a apresentação do novo veículo da Tesla, o Cybertruck, um SUV elétrico que parece saído do filme Blade Runner.

Musk queria enfatizar a durabilidade do novo veículo, dizendo que ele resistiria a marretadas e até tiros. Então, Musk afirmou que os vidros seriam resistentes a impactos. E convidou um funcionário a atirar uma bola de metal contra a janela do motorista. O resultado foi que o vidro ficou estilhaçado. A reação do executivo foi: 'Oh my fucking God! Maybe that was a little hard' (algo como, 'meu Deus, porra! Talvez, tenha sido forte demais').

Em seguida, o mesmo resultado foi atingido na janela do passageiro. O executivo ficou constrangido, mas tentou ver algo positivo: "Não vazou o vidro e esse é o lado positivo", disse ele, que teve que continuar a apresentação com as duas janelas estilhaçadas.

O design do novo veículo também dividiu opiniões - alguns não gostaram pela semelhança com veículos espaciais ou saídos de filmes de ficção. As especificações, porém, impressionaram. O Cybertruck terá três configurações de motor, que variam a autonomia de bateria (poderá alcançar entre 200 milhas e 500 milhas), e preços entre US$ 40 mil e US$ 70 mil - além de um adicional de US$ 7 mil por tecnologia de direção autônoma.

O Cybertruck começará a ser produzido no final de 2021 e pedidos já podem ser feitos com uma taxa de US$ 100.

Competição

O veículo marca a primeira incursão da Tesla, cujo sedã Model 3 é o carro elétrico mais vendido no mundo, no segmento de picapes, mercado dominado pela F-150, da Ford, junto com os modelos da General Motors e da Fiat Chrysler. "As picapes são as mesmas há muito tempo, há uns cem anos", disse Musk durante a apresentação. "Precisamos de algo diferente."

Para analistas, porém, o design do veículo pode tornar o Cybertruck um produto de nicho. "Parece que é uma picape para Musk e seus amigos no Vale do Silício. Não tenho certeza se servirá para o Joe, o encanador que precisa de um veículo confiável para administrar seu negócio", disse Jessica Caldwell, analista da consultoria automotiva Edmunds.

Outros se preocupam com o preço do produto, que usará o mesmo aço presente nos foguetes da outra empresa de Musk, a Space X. Enquanto isso, Ford e GM também estão se preparando para desafiar a Tesla mais diretamente com novas ofertas, como o SUV elétrico Ford Mustang Mach E, além de picapes elétricas. / COM REUTERS

Veja também:

Veja como funciona a Bixby, assistente de voz da Samsung
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade