0

Chinesa Xiaomi consulta bancos sobre IPO em 2018, dizem fontes

6 dez 2017
13h37
  • separator
  • comentários

A fabricante de smartphones chinesa Xiaomi pediu a bancos que apresentem na próxima sexta-feira propostas para coordenar uma oferta inicial de ações em 2018, disseram pessoas familiarizadas com o plano à Reuters.

A Xiaomi foi avaliada em 46 bilhões de dólares em 2014 durante uma rodada de investimentos, antes que suas vendas estagnassem. Mais recentemente a empresa viu expectativas de que seu valor suba após fortes resultados neste ano.

A oferta pode ser "o maior IPO de tecnologia" do mundo no ano que vem, de acordo com uma das pessoas.

"É enorme", disse outra fonte, acrescentando que um valor de mercado de 100 bilhões de dólares "não seria um número maluco".

A empresa, startup mais valiosa do mundo por um período em 2014, foi avaliada em cerca de 55 bilhões de dólares no fim de junho, de acordo com uma pessoa próxima à companhia.

Mas duas outras pessoas a par do assunto disseram que deveria valer muito mais baseado na expectativa de lucro.

A Xiaomi não quis comentar.

O fundador da Xiaomi, Lei Jun, disse que a empresa não abriria capital até 2025, mas a subida do mercado acionário aceleraram o plano de IPO, segundo as pessoas.

A Xiaomi deve escolher Hong Kong ou os Estados Unidos para abrir o capital, de acordo com as pessoas, que não quiseram ser identificadas porque as discussões são confidenciais.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade