PUBLICIDADE

Suspeito de assassinar estudante da Unicamp é preso no interior de SP

A Polícia Civil de São João da Boa Vista (SP) diz ter encontrado Michael Douglas da Silva no meio da mata na região, após uma denuncia

18 mai 2022 15h55
| atualizado às 16h10
ver comentários
Publicidade
Michael Douglas da Silva é preso em São João da Boa Vista (SP)
Michael Douglas da Silva é preso em São João da Boa Vista (SP)
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Michael Douglas da Silva, de 28 anos, suspeito de assassinar com 28 facadas a estudante da Universidade Estadual de Campinas) Mayara Roquetto Valentim, foi preso em São João da Boa Vista (SP) nesta quarta-feira (18), três dias após o crime. Ele deve ser encaminhado  ainda hoje para a cadeia pública da região. 

A Polícia Civil de São João da Boa Vista diz ter encontrado o suspeito no meio da mata na região, após uma denúncia. A família de Michael Douglas alega que ele sofre de esquizofrenia e fazia uso de medicamento controlado.

Mayara estudava em Campinas, mas passava os finais de semana com a família em São João da Boa Vista. No domingo (15), ela saiu para caminhar no local conhecido como Vale dos Gnomos, na Serra da Paulista, e não retornou. Seu corpo foi encontrado no mesmo dia. 

A jovem já havia concluído o bacharelado em Ciências Biológicas e cursava a licenciatura na universidade. Em nota, a Universidade decretou luto oficial de três dias pela morte da estudante. 

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade