PUBLICIDADE

Primavera se despede com nova onda de calor sobre o Brasil

Novo período de calor intenso é esperado para os próximos dias!

11 dez 2023 - 13h20
Compartilhar
Exibir comentários

Uma nova onda de calor vai atuar sobre o Brasil a partir desta quinta-feira, 14 de dezembro de 2023, elevando as temperaturas em plena reta final de primavera. A estação se despede com um período de calor intenso, onde as temperaturas voltam a ficar de 3 a 5°C mais quente que o padrão para a época em boa parte do Brasil e com características de onda de calor com mais de 5° graus acima da média, em parte do país.

Vale lembrar! O solstício de verão, que é o início do verão no calendário, ocorre no dia 22 de dezembro, às 00h27, pelo horário de Brasília.

Foto: Climatempo

Foto: Getty Images

Como se caracteriza uma onda de calor? 

A onda de calor é caracterizada por uma sequência de dias ou até semanas, onde as temperaturas em uma região, relativamente ampla, fica muito acima da média que seria normal para uma determinada época - em torno de 5°C ou mais acima da média, em uma área ampla. Ondas de calor são geradas por bloqueios atmosféricos causados por grandes sistemas de alta pressão atmosférica. 

Uma alta pressão causa um forte movimento de ar de cima para baixo chamado de subsidência. A subsidência deixa o ar seco e a redução da umidade do ar inibe o crescimento das nuvens e diminui a chance de chover. Além disso, a alta pressão atmosférica naturalmente comprime o ar próximo da superfície, fazendo o ar esquentar mais.

Confira no mapa abaixo o limiar desta nova onda de calor que começa nesta quinta-feira, 14 e se estende até o dia 20 de dezembro de 2023:

Foto: Climatempo

Fonte: Climatempo

Nas áreas em laranja vamos ter temperaturas bem altas, atingindo limiar de onda de calor em alguns dias, mas não será por período tão prolongado quanto nas áreas em vermelho - que tendem a ter mais dias consecutivos com temperaturas acima do normal.

Mas, atenção!

Teremos, sim, um novo período de CALOR INTENSO, mas será uma onda de calor com uma duração menor que as anteriores dos meses de setembro e novembro. Porém, ainda sentiremos os efeitos da insolação, a população estará exposta há dias mais longos, e a umidade do ar estará um pouco mais alta - o que trará maior sensação de incômodo durante alguns períodos!

Fique de olho nas nossas atualizações! Podemos registrar possíveis recordes de calor para um mês de dezembro, nas capitais: São Paulo, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Goiânia e Brasília.

Climatempo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade