PUBLICIDADE

Pesquisa revela a relação entre cultura organizacional e o sucesso dos negócios

Dados fornecidos pela Pesquisa de Cultura Global 2021, realizada pela PWC, demonstram a importância e a ligação da cultura organizacional na vantagem competitiva adquirida por diversas empresas nos últimos anos.

23 set 2022 - 10h56
Compartilhar
Exibir comentários

À medida que cada vez mais empresas e pessoas buscam se adaptar às novas configurações do mercado, a cultura organizacional surge como uma importante aliada dos resultados nas organizações. Nos últimos dois anos, o mundo viveu um período marcado por dúvidas, mudanças e profundas transformações, que demonstraram para líderes e gestores do mundo todo o quanto a cultura de uma organização pode representar uma importante fonte de força para sobreviver a momentos de crise e manter a competitividade dos negócios. 

Foto: Freepik / DINO

Uma pesquisa realizada em 2021 pela consultoria PWC com 3.200 participantes, identificou que 66% dos executivos e gestores acreditam que atualmente a cultura organizacional é tão importante quanto as estratégias e o modelo operacional da empresa. Além disso, entrevistados cuja organização possui uma cultura distinta e presente na agenda da liderança dizem ter visto uma ampliação na receita (48%) e nos índices de satisfação dos funcionários (80%) e clientes (89%).

Mas se esses números demonstram a importância de implementar modelos de gestão que priorizem a cultura organizacional, proporcionando à empresa um nível elevado de competitividade no mercado, há um forte obstáculo no meio disso tudo: o trabalho remoto e híbrido. 

Após o período turbulento da pandemia de Covid-19, é fundamental que os gestores encontrem o equilíbrio entre as velhas e novas maneiras de trabalho, pois quanto mais difícil for a conexão dos colaboradores com a empresa, mais trabalhoso será o fortalecimento dessa cultura dentro da organização. Dos entrevistados que trabalharam em casa durante a pandemia, 44% afirmaram ter sido mais difícil manter o senso de comunidade com seus colegas de trabalho, em comparação com 33% dos que continuaram frequentando os postos de trabalho. 

Para Roberta Rosenburg, especialista em desenvolvimento de cultura e fundadora da F.Lead, uma empresa global de desenvolvimento humano, "a cultura organizacional é um fator extremamente importante para o sucesso de uma empresa, seja na retenção de talentos, no desenvolvimento de pessoas e na geração de resultados". Ao reconhecer essa importância, é possível que as empresas encontrem alternativas cada vez mais assertivas para os novos desafios organizacionais. 

"A relação é simples, porém não é tão fácil. Atualmente, as pessoas estão mais conectadas com o próprio desenvolvimento, e, diante disso, desenvolver-se em um ambiente que faça sentido para suas expectativas e valores individuais é cada vez mais importante. A geração Y trouxe esse presente para a humanidade", complementa Roberta. 

Ou seja, é fundamental que as empresas compreendam que os próprios valores pessoais devem estar alinhados com os valores da empresa, pois se antigamente as empresas definiam seus valores e os colocavam em uma parede, hoje as pessoas exigem que eles sejam vividos e representados no ambiente de trabalho. 

Segundo Roberta, "é importante que a empresa defina seus valores e coloque em prática, ajudando seus colaboradores a entenderem o seu significado através de comportamentos  esperados e de rituais de gestão que ajudam a fomentar a cultura organizacional". 

Website: http://flead.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade