PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Músicas clássicas no dia a dia: veja momentos em que ela está presente

19 out 2018 - 17h10
Compartilhar
Exibir comentários

Criadas com uma série de instrumentos musicais, as músicas clássicas ou eruditas estão fortemente relacionadas a cultos religiosos, mas além disso, elas também estão presentes em vários espaços e momentos de entretenimento e os caracteriza muito bem. Com diferentes adaptações e versões, é possível encontrá-las em cenas de filmes e peças de teatro, comerciais publicitários, espetáculos de circo, casamentos, festas de debutantes, no carro do gás e até mesmo durante a espera de uma ligação de telemarketing. Embora elas não sejam o foco das principais playlists, salvo das pessoas que realmente se identificam com esse gênero musical, basta olhar ao redor para perceber a influência das músicas clássicas no dia a dia.

Foto: DINO / DINO

Uma das mais conhecidas é a 5th Symphony, de Beethoven, utilizada quando a intenção é trazer suspense ou terror. Mozart é claro que não poderia faltar e Eine Kleine Nachtmusik é uma muito famosa e utilizada em filmes. Já Bach, com Toccata And Fugue, é capaz de compor a trilha de filmes e desenhos animados como música de impacto. William Tell Overture, de Rossini, é conhecida pela entrada de reis ou cavalos em diferentes produções cinematográficas, em especial nas medievais, e cartoons como Piu-Piu e Frajola, e Pica-Pau.

Os casamentos também são momentos especiais regidos por muitas músicas clássicas, que têm por objetivo trazer emoção, como Pachelbel: Canon In D; Wagner: Wedding March e a famosa marcha nupcial Mendelssohn: Wedding March. Os desenhos animados clássicos e também as tradicionais festas de debutante costumam utilizar Blue Danube, de Strauss, Strauss: Vienna Blood e Waltz Of The Flowers, de Tchaikovsky, sendo esta última uma das que as aniversariantes costumam aderir com mais frequência, devido à fama pelo filme "O Quebra-Nozes".

Strauss: Also Sprach Zarathustra certamente é uma das mais tradicionais, justamente por compor o início de muitos filmes, enquanto Handel: Hallelujah Chorus sem dúvida todo mundo já ouviu alguma vez na vida ou ainda vai ouvir. Tradicional de Can Can, a Offenbach: Infernal Galop é famosa em muitas produções e uma que pode sugerir aventura, mas utilizada também em outras circunstâncias é Bizet: Les Toreadors. Muito característica de desenhos e circos está a Sabre Dance, de Khachaturian, e em momentos solenes de formatura, por exemplo, Elgar: Pomp And Circumstance costuma ser a mais tocada. Filmes com viés religioso quase sempre recorrem à Orff: O Fortuna e os que têm como foco o velho oeste, Copland: Hoedown.

A Jubi , loja especializada em órgãos eletrônicos , reforça que as músicas clássicas são comuns e extremamente importantes no dia a dia. "A versatilidade desse gênero musical permite que ele seja apreciado não só em tradicionais concertos ou instituições religiosas, como também em peças de teatro, espetáculos de circo, programas de música e entretenimento, e em tantas outras circunstâncias e eventos. Isso permite o acesso das pessoas a essas obras a tornando mais próxima", afirma. Shows de mágica, Olimpíadas e até mesmo canções de ninar também se baseiam em música clássica, como Jenkins: Palladio; Arnaud: Bugler's Dream e Brahms: Lullaby.

Website: http://www.jubi.com.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade