0

Turquia convoca enviado saudita após desaparecimento de jornalista

4 out 2018
17h09
  • separator
  • comentários

O Ministério das Relações Exteriores da Turquia convocou o embaixador da Arábia Saudita para consultas sobre o desaparecimento do jornalista Jamal Khashoggi após ele ter entrado no consulado saudita em Istambul, disseram fontes turcas nesta quinta-feira.

Dissidente saudita Jamal Khashoggi fala em evento em Londres
 29/9/2018   Divulgação
Dissidente saudita Jamal Khashoggi fala em evento em Londres 29/9/2018 Divulgação
Foto: Reuters

As fontes disseram que o enviado saudita foi convocado na quarta-feira para esclarecer o paradeiro de Khashoggi, um crítico às políticas externas de Riad e à repressão sobre dissidentes. Khashoggi deixou a Arábia Saudita no ano passado dizendo temer retaliações por suas opiniões.

"Ontem, o embaixador saudita foi convocado ao Ministério das Relações Exteriores e a questão de Khashoggi foi discutida", disse uma das fontes. "Esforços estão sendo feitos para esclarecer alegações sobre Khashoggi. Nós acreditamos que um resultado positivo irá surgir".

A fonte não deu mais detalhes, mas a emissora turca NTV relatou que o embaixador disse a autoridades turcas que não possuía informação sobre Khashoggi. O vice-ministro das Relações Exteriores da Turquia, Yavuz Selim Kiran, disse ao enviado saudita que a questão "deve ser esclarecida imediatamente", segundo a NTV.

A noiva de Khashoggi e um amigo próximo disseram que ele desapareceu após entrar na missão saudita em Istambul na terça-feira.

O Consulado Geral da Arábia Saudita em Istambul informou em comunicado na quarta-feira que Khashoggi havia deixado o prédio do consulado pouco após seu encontro marcado na terça-feira.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • comentários
publicidade