8 eventos ao vivo

Trump faz campanha na Flórida e Biden vai a Michigan de olho em Estados importantes

16 out 2020
19h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, redobrou nesta sexta-feira seus esforços para vencer no importante Estado da Flórida, dirigindo-se a um grupo de idosos antes de um comício na parte central do Estado.

Os candidatos à presidência dos EUA, o democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump. 12/8/2020 e 1/9/2020. REUTERS/Carlos Barria/Leah Millis
Os candidatos à presidência dos EUA, o democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump. 12/8/2020 e 1/9/2020. REUTERS/Carlos Barria/Leah Millis
Foto: Reuters

Enquanto isso, seu rival democrata Joe Biden viajou para Michigan para dois eventos. A equipe eleitoral de Biden disse que o ex-presidente Barack Obama viajará para a Filadélfia na próxima semana para fazer campanha em favor de seu ex-vice-presidente.

Trump está atrás nas pesquisas de opinião e os dados mais recentes de sua campanha mostram que ele também está perdendo para o rival na arrecadação de recursos, num momento em que a campanha se intensifica, a 18 dias do dia da eleição, em 3 de novembro. Ao mesmo tempo, a votação antecipada está quebrando recordes -- mais de 22 milhões de norte-americanos já votaram.

Trump e o Comitê Nacional Republicano arrecadaram cerca de 247,8 milhões de dólares em setembro, informou a gerência de campanha no Twitter, atrás dos 383 milhões de dólares de Biden e do Partido Democrata.

Em reunião com idosos em um evento fechado em Fort Myers, na Flórida, Trump disse: "Eu vou protegê-los, vou defendê-los e vou lutar por vocês com cada gama de energia e convicção que tenho."

Ele também expressou empatia incomum por aqueles que perderam membros da família na pandemia de coronavírus.

"Meu coração se parte por cada família em luto que perdeu um ente querido. Eu sinto sua angústia. Eu lamento sua perda. Eu sinto sua dor", disse Trump.

Biden tem demonstrado força surpreendente com eleitores mais velhos, muitos dos quais culpam Trump pela resposta à crise.

Trump afirmou novamente que o país está superando o surto, agora em seu oitavo mês, mesmo com nove Estados, incluindo Michigan, Wisconsin e Carolina do Norte, relatando recorde de novas infecções na véspera, segundo contagem da Reuters.

Uma pesquisa Reuters/Ipsos mostrou Trump e Biden em empate técnico na Flórida, cobiçada por dars 29 votos eleitorais.

Trump fará um comício em Ocala, na Flórida, ainda nesta sexta-feira, antes de seguir para Macon, na Geórgia.

Biden realizará um evento com tema da saúde em Southfield, no Michigan, outro Estado com disputa acirrada, antes de um comício para buscar votos em Detroit.

O democrata testou negativo para Covid-19 nesta sexta-feira.

Veja também:

Segunda onda de covid-19 na Europa
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade