13 eventos ao vivo

STJ revoga ordem de prisão contra ex-presidente paraguaio

29 nov 2019
17h00
atualizado às 17h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O ministro Rogério Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu um habeas corpus nesta sexta-feira para revogar a ordem de prisão preventiva expedida contra o ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes, no âmbito de uma investigação da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, informou o tribunal.

Presidente paraguaio Horacio Cartes faz discurso em Assunção
 18/1/2018     REUTERS/Jorge Adorno
Presidente paraguaio Horacio Cartes faz discurso em Assunção 18/1/2018 REUTERS/Jorge Adorno
Foto: Reuters

A Justiça Federal do Rio havia determinado, no dia 19, a prisão preventiva de Cartes sob a suspeita de que o ex-presidente teria ajudado o doleiro Dario Messer, conhecido como "doleiro dos doleiros", a se manter foragido no Paraguai antes de ser preso em julho deste ano em São Paulo, e há suspeitas de que ambos seriam sócios no país vizinho, de acordo com os investigadores da Lava Jato.

A íntegra da decisão do ministro do STJ, que revoga a prisão de Cartes, não foi divulgada. O ex-presidente Cartes se encontra no Paraguai, e disse nesta semana que está aberto a uma investigação de promotores do Paraguai sobre o caso.

Cartes, de 63 anos, é considerado um dos homens mais ricos do Paraguai e mantém influência política. Durante seu mandato ele também fez mudanças no Judiciário do país, incluindo a nomeação do atual chefe da Procuradoria-Geral do país.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade