0

Sobrevivente no Paquistão relata como escapou de avião em chamas: "Andei na direção da luz"

Ao menos 97 pessoas morreram depois da queda de um avião em uma área residencial na cidade de Karachi.

23 mai 2020
15h47
atualizado às 15h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos sobreviventes de um acidente aéreo com 99 pessoas a bordo na cidade paquistanesa de Karachi afirmou que tudo que ele via "era fogo".

Avião caiu próximo a aeroporto na cidade de Karachi, deixando ao menos 97 mortos
Avião caiu próximo a aeroporto na cidade de Karachi, deixando ao menos 97 mortos
Foto: EPA / BBC News Brasil

O passageiro Muhammad Zubair é uma das duas pessoas resgatadas com vida até agora depois da queda do Airbus A320 da Pakistan International Airlines (PIA) nesta sexta-feira (22) em uma área residencial.

Autoridades da província de Sindh falam em 97 pessoas mortas, sendo que 90 delas foram identificadas. Não há informações sobre o estado de saúde dos moradores das casas atingidas.

As causas da queda ainda não foram esclarecidas oficialmente. Segundo a mídia local, o piloto registrou um problema técnico após uma tentativa mal sucedida de pousar, pediu socorro e em seguida a aeronave caiu.

O acidente ocorre poucos dias depois de o país retomar os voos comerciais em razão da pandemia de coronavírus.

Como Muhammad Zubair escapou?

O voo PK8303, com 91 passageiros e oito tripulantes a bordo, saiu da cidade de Lahore com diversas famílias viajando durante o feriado local.

A primeira tentativa de pouso em Karachi ocorreu por volta das 14h30 (horário local). Segundo um dos sobreviventes, Muhammad Zubair, que teve ferimentos leves, o acidente ocorreu cerca de 15 minutos depois.

"Ninguém percebeu que o avião estava para cair. Estávamos voando de maneira suave."

Residentes ajudam a retirar uma pessoa dos escombros; diversas casas foram destruídas
Residentes ajudam a retirar uma pessoa dos escombros; diversas casas foram destruídas
Foto: AFP / BBC News Brasil

Ele perdeu a consciência na queda. Quando acordou, segundo seu relato, "eu pude ouvir gritos de todas as direções. Crianças e adultos. Eu só conseguia ver fogo. Não conseguia ver ninguém, só ouvir seus gritos".

"Eu abri meu cinto de segurança e vi uma luz e caminhei em direção à luz. Eu saltei uns 3 metros para sair dali."

Hipóteses para a queda

O avião estava próximo da área da pista quando atingiu casas na área residencial da Model Colony. Emissoras de TV locais registraram equipes de resgate vasculhando os escombros espalhados pelas ruas da zona densamente povoada. Vários carros foram incendiados.

Mohammed Uzair Khan, que testemunhou o acidente, afirmou à BBC que ele ouviu um estrondo e saiu de sua casa. "Umas quatro casas estavam completamente destruídas, e havia muito fogo e fumaça."

A mídia paquistanesa divulgou trechos do diálogo entre o controle de tráfego aéreo e o piloto. Este afirma que o avião havia perdido os motores. O controlador de tráfego aéreo pergunta se ele vai conseguir fazer um pouso de barriga, e o piloto responde: "Socorro, socorro, socorro".

Causa da queda do avião ainda é desconhecida; piloto havia relatado falha técnica depois de tentar pousar uma vez
Causa da queda do avião ainda é desconhecida; piloto havia relatado falha técnica depois de tentar pousar uma vez
Foto: AFP / BBC News Brasil

Uma autoridade do setor de avião civil do Paquistão afirmou à agência de notícias Reuters que a aeronave pode não ter conseguido abrir o trem de pouso.

Imagens postadas em redes sociais parecem mostrar marcas de queimadura nos dois motores e o trem de pouso fechado.

A equipe de investigadores das causas do acidente ainda não analisou o conteúdo da caixa-preta. O avião havia sido incorporado à frota da PIA em 2014 e passado pela inspeção anual de manutenção em novembro.

O que se sabe sobre as vítimas?

Ao menos 97 pessoas morreram e 2 sobreviveram à queda da aeronave. Não está claro ainda quantas pessoas estavam nas casas atingidas e o estado de saúde delas.

Muitos dos passageiros eram famílias viajando no final do Ramadã e início do feriado Eid el Fitr, no domingo
Muitos dos passageiros eram famílias viajando no final do Ramadã e início do feriado Eid el Fitr, no domingo
Foto: Reuters / BBC News Brasil

Outro sobrevivente resgatado foi Zafar Masud, presidente do Banco de Punjab. Muhammad Zubair e ele estavam na frente da aeronave. Há relatos na mídia de outros sobreviventes, mas ainda não há informações oficiais sobre essas pessoas.

Parte das vítimas foi enterrada neste sábado, em Karachi. O primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, afirmou que estava "chocado e triste" com o acidente e anunciou uma investigação oficial.

Mas Associação de Pilotos de Avião do Paquistão disse não confiar em uma apuração conduzida pelo governo e pediu a presença de investigadores estrangeiros no inquérito.

Veja também:

Coronavírus: experimento japonês mostra rapidez com que vírus se espalha em restaurante
BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade