PUBLICIDADE

Mundo

Protesto e tumulto eclodem em Dublin após crianças serem esfaqueadas

23 nov 2023 - 20h05
Compartilhar
Exibir comentários

Três crianças estão entre as cinco pessoas feridas em um ataque a faca na região central de Dublin nesta quinta-feira ao qual a polícia ainda não conseguiu atribuir um motivo, ou mesmo se está relacionado a terrorismo, provocando tumultos no centro da cidade.

Os transportes públicos foram suspensos e pacientes foram aconselhados a não se deslocarem para uma maternidade próxima, a menos que absolutamente necessário, após confrontos entre a polícia de choque e manifestantes anti-imigrantes, perto da via principal da O'Connell Street logo após o ataque.

Um ônibus de dois andares foi totalmente queimado em frente à estátua de Daniel O'Connell, no início da rua, e janelas foram quebradas em um hotel Holiday Inn e em um restaurante McDonalds próximo. Uma loja Footlocker foi saqueada.

"São cenas vergonhosas. Temos uma facção completamente lunática e hooligan, impulsionada pela ideologia da extrema-direita, envolvida em violência grave", disse a jornalistas o comissário da polícia, Drew Harris, após enviar 400 agentes para restaurar a ordem pública.

Um carro da polícia também foi incendiado.

Tumultos do tipo são quase sem precedentes em Dublin. Não há partidos de extrema-direita ou políticos eleitos para o Parlamento, mas pequenos protestos anti-imigrantes aumentaram no último ano. O governo está revendo segurança em torno do Parlamento após um protesto recente aprisionar parlamentares no seu interior.

Harris disse que todas as linhas de investigação relacionadas ao ataque permanecem abertas, contradizendo um oficial superior que, mais cedo, havia dito a jornalistas que a polícia estava convencida de que o incidente não estava relacionado ao terrorismo.

"Não vou especular mais sobre motivos terroristas. Até termos certeza de qual é o motivo, temos que manter a mente aberta sobre por que isso aconteceu", disse ele.

Uma menina de cinco anos estava recebendo tratamento de emergência após sofrer ferimentos graves pelo esfaqueamento. Um homem de quase 40 anos, também em tratamento devido a ferimentos graves, foi preso pela polícia, que disse não estar procurando nenhum outro suspeito.

A polícia afirmou que aparentemente o homem atacou várias pessoas na Parnell Square, em Dublin. Pessoas intervieram na fase inicial do ataque.

Uma mulher na casa dos 30 anos também estava sendo tratada por ferimentos graves, enquanto as outras duas crianças, um menino de cinco anos e uma menina de seis, sofreram ferimentos menos graves. O menino já recebeu alta hospitalar.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade