PUBLICIDADE

Mundo

Prominente ativista de Hong Kong troca o país pelo Canadá após dois anos de silêncio

3 dez 2023 - 15h19
Compartilhar
Exibir comentários

Uma das mais importantes ativistas pró-democracia de Hong Kong, que foi presa como parte de uma política de repressão imposta pela China, disse neste domingo que deixou Hong Kong e trocou o país pelo Canadá depois que a pressão das autoridades a deixou com problemas de saúde mental.

Agnes Chow, de 27 anos - membro central de um grupo agora dissolvido de ativistas mais jovens, incluindo Joshua Wong, que ajudou a alavancar o movimento pró-democracia de Hong Kong - disse em postagens em sua conta no Instagram na noite deste domingo que deixou Hong Kong para ir estudar no Canadá.

O seu grupo, Demosisto, dissolveu-se horas depois de Pequim aprovar uma lei abrangente de segurança nacional em 2020.

A lei sufocou o movimento pró-democracia e culminou em mais de 280 detenções, suscitando críticas de alguns governos do Ocidente de que aquela legislação se tratava de uma ferramenta de repressão.

Pequim alega que a lei trouxe estabilidade a Hong Kong após protestos em massa pró-democracia em 2019.

As postagens de Chow - seus primeiros comentários públicos desde que ela deixou a prisão em junho de 2021 - detalharam como ela permaneceu sob "supervisão" das autoridades.

Chow foi condenada a 10 meses de prisão em novembro de 2020 sob acusação de promover uma reunião não autorizada. Depois de cumprir pena, foi colocada sob fiança e o seu passaporte foi confiscado por motivos alegados de 'segurança nacional', juntamente com outras pessoas, incluindo o empresário pró-democracia Jimmy Lai.

Chow disse que era como se a polícia quisesse lembrá-la de que ela não havia recuperado a liberdade e "não tentasse fazer nada". Ela disse que as pressões a levaram a ser diagnosticada com depressão e transtorno de estresse pós-traumático.

"Várias doenças emocionais colocaram meu corpo e minha mente em um estado muito instável", acrescentou Chow.

Ela não foi encontrada pela Reuters para comentar o assunto.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade