PUBLICIDADE

Mundo

Partido Trabalhista tem vitória histórica no Reino Unido e conquista maioria absoluta no Parlamento

Partido assegurou 412 das 650 cadeiras, segundo resultado parcial; premiê Rishi Sunak reconheceu a derrota, assumiu a responsabilidade e deixou o cargo de líder dos conservadores

5 jul 2024 - 07h23
(atualizado às 09h37)
Compartilhar
Exibir comentários
Partido Trabalhista tem vitória histórica no Reino Unido:

O Partido Trabalhista britânico alcançou uma vitória histórica nas eleições parlamentares, conquistando assentos suficientes para garantir a maioria absoluta no Parlamento do Reino Unido.

Na madrugada desta sexta-feira, 5, o partido assegurou 412 das 650 cadeiras, enquanto os conservadores alcançaram 120 assentos, conforme resultado parcial. Os trabalhistas, assim, voltam ao poder no Reino Unido após 14 anos de domínio do Partido Conservador. Os trabalhistas conquistaram 214 assentos a mais do que na última eleição, enquanto os conservadores perderam 251 cadeiras, uma das piores derrotas da história do partido.

Com o resultado, o líder do Partido Trabalhista, Keir Starmer se prepara para se tornar o próximo primeiro-ministro e formar um governo majoritário.

O primeiro-ministro em exercício, Rishi Sunak, reconheceu a derrota e telefonou para Starmer para parabenizá-lo pela vitória. Em um cenário de desgaste econômico e crescente desconfiança nas instituições, o novo governo enfrentará grandes desafios para atender às expectativas de mudança da população.

"Hoje à noite, as pessoas aqui e em todo o país falaram e estão prontas para a mudança", declarou Starmer aos seus apoiadores em seu distrito eleitoral no norte de Londres. "Vocês votaram. Agora é hora de entregarmos."

Keir Starmer, líder do Partido Trabalhista britânico, reage ao falar em uma recepção para comemorar sua vitória nas eleições, na Tate Modern, em Londres, Grã-Bretanha, 5 de julho de 2024.
Keir Starmer, líder do Partido Trabalhista britânico, reage ao falar em uma recepção para comemorar sua vitória nas eleições, na Tate Modern, em Londres, Grã-Bretanha, 5 de julho de 2024.
Foto: REUTERS/Suzanne Plunkett/File Photo

Enquanto os conservadores absorvem o impacto de uma derrota histórica, que deverá desencadear uma disputa pela liderança do partido, a vitória trabalhista reflete o desejo dos eleitores por uma nova direção após 14 anos de turbulência econômica e política. "Nada deu certo nos últimos 14 anos", afirmou James Erskine, eleitor de Londres, esperançoso com a mudança.

A pesquisa de boca de urna sugeriu que o Partido Trabalhista poderia obter cerca de 410 assentos na Câmara dos Comuns, enquanto os Conservadores ficariam com 131. A BBC projetou que o Partido Trabalhista terminaria com 410 assentos e os Conservadores com 144, marcando a menor representação conservadora em quase dois séculos.

Grant Shapps, futuro ex-secretário de Defesa, após perder seu assento, declarou: "Está claro esta noite que a Grã-Bretanha terá um novo governo pela manhã". /AP.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade