PUBLICIDADE

Papa celebrará Dia de São Jorge com 2ª dose de vacina para pobres

Em 23 de abril é comemorado o 'onomástico' do Pontífice

22 abr 2021
15h26 atualizado às 16h26
0comentários
15h26 atualizado às 16h26
Publicidade

O papa Francisco oferecerá nesta sexta-feira (23) a segunda dose da vacina anti-Covid para um grupo de pessoas necessitadas, em celebração por seu "onomástico", ou seja, o dia em que se festeja o santo que dá nome a uma pessoa, prática bastante comum na Itália.

Papa durante visita ao centro de vacinação no Vaticano
Papa durante visita ao centro de vacinação no Vaticano
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A iniciativa beneficiará 600 cidadãos pobres e marginalizados dos 1,4 mil que participaram da campanha de vacinação iniciada durante a Semana Santa pela Esmolaria Apostólica, em colaboração com outras associações.

Em comunicado, a Santa Sé informou que a imunização ocorrerá 20 dias depois da aplicação da primeira dose, no salão Paulo VI.

Além de receber a vacina contra o novo coronavírus, as pessoas vão participar da festa do dia do santo com o nome do líder da Igreja Católica - Jorge Mario Bergoglio-, com uma "surpresa" oferecida por Francisco.

"A Elemosineria Apostólica aproveita esta oportunidade para agradecer a generosidade de muitas pessoas e realidades que participaram da iniciativa 'Vacina Suspensa', permitindo, com um pequeno gesto de proximidade, o acesso à vacina em muitos países menos favorecidos", diz a nota.

O Vaticano iniciou sua campanha de vacinação contra a Covid-19 em janeiro e, após imunizar os Papas - Francisco e o emérito Bento XVI -, a Cúria e demais funcionários da Santa Sé, a Igreja começou também a vacinar os moradores de rua ajudados pela Esmolaria e que ficam na área próxima à Praça São Pedro.

Bergoglio é uma das maiores vozes para uma distribuição justa e igual dos imunizantes no mundo, especialmente para os mais vulneráveis.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade