PUBLICIDADE

Palestinos aproveitam trégua em Gaza para tratar também de animais feridos

25 mai 2021 12h32
ver comentários
Publicidade

Grupos palestinos de defesa de animais estão cuidando de cães e gatos de rua feridos durante o conflito de 11 dias entre militantes do Hamas e Israel, durante o qual Gaza foi atingida por centenas de ataques aéreos israelenses.

Homem trata cavalo do palestino Omar Shahin, que foi ferido durante o combate entre Israel e Palestina, em Gaza
24/05/2021 REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa
Homem trata cavalo do palestino Omar Shahin, que foi ferido durante o combate entre Israel e Palestina, em Gaza 24/05/2021 REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa
Foto: Reuters

Ao menos 253 pessoas foram mortas em Gaza, e mais de 1.900 ficaram feridas, disseram autoridades de saúde palestinas.

Os militares israelenses estimaram em 13 os mortos em seu país, e centenas foram tratados de ferimentos depois que salvas de foguetes do Hamas causaram pânico e fizeram pessoas de locais distantes como Tel Aviv correrem para abrigos.

Saeed El-Aer, proprietário da Sociedade Sulala de Tratamento e Cuidado de Animais, está vasculhando as ruas de Gaza em busca de cães e gatos abandonados e lhes fornecendo medicamentos, alimentos e abrigo.

"Ainda estamos recebendo chamadas sobre gatos e cães feridos na guerra, e ainda estamos tentando encontrá-los para ajudá-los", disse ele.

Assim que foi acertado um cessar-fogo na sexta-feira, após as piores hostilidades entre o Hamas e Israel em anos, Aer correu para seu abrigo de animais, construído em um pedaço de terra que o município lhe deu em Zeitoun, no subúrbio leste da Cidade de Gaza.

"Encontrei todos os cães do lado de fora. Estavam tristes, com medo e aterrorizados", disse ele à Reuters, acrescentando que os bombardeios israelenses destruíram parte da cerca exterior.

"Fiquei surpreso de ver um jumento morto e outro cavalo ferido, que depois morreu. Encontrei cães feridos por estilhaços, e ainda estou tratando-os."

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade