PUBLICIDADE

Obama diz que acordo com Irã "torna o mundo mais seguro"

24 nov 2013 02h15
| atualizado às 02h23
ver comentários
Publicidade
Obama reiterou que Israel e seus aliados do Golfo "têm boas razões para ser céticos sobre as intenções do Irã", apesar do acordo fechado em Genebra
Obama reiterou que Israel e seus aliados do Golfo "têm boas razões para ser céticos sobre as intenções do Irã", apesar do acordo fechado em Genebra
Foto: AP

Após o anúncio que o G5+1  - grupo que reúne Estados Unidos, Rússia, França, Reino Unido e China mais Alemanha - fechou um acordo com o Irã sobre seu programa nuclear, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou na madrugada de domingo que o acordo fechado em Genebra "torna o mundo mais seguro". 

Obama reiterou que Israel e seus aliados do Golfo "têm boas razões para ser céticos sobre as intenções do Irã", apesar do acordo fechado em Genebra sobre o programa nuclear do país islâmico. No entanto, o líder insistiu na promessa dos EUA de impedir que o Irã conseguisse construir uma bomba atômica e que com o trato "foi dado um importante primeiro passo". 

O presidente dos EUA confirmou que o trato congelará durante os próximos seis meses o programa nuclear do Irã com o objetivo de que este seja "completa e exclusivamente para objetivos pacíficos".


Com informações da agência EFE

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade