0

EUA expressam preocupação com uso excessivo da força na Turquia

3 jun 2013
13h58
atualizado às 14h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Kerry durante encontro com o colega polonês Radoslaw Sikorski no Departamento de Estado, em Washington
Kerry durante encontro com o colega polonês Radoslaw Sikorski no Departamento de Estado, em Washington
Foto: AP

O secretário americano de Estado, John Kerry, expressou nesta segunda-feira sua preocupação com as "informações sobre o uso excessivo da força" por parte da polícia turca, em confrontos com manifestantes em Ancara.

Kerry destacou que os Estados Unidos apoiam o direito a realizar protestos pacíficos e disse que Washington está "profundamente preocupado com a quantidade de pessoas feridas", convocando todas as partes a "evitar qualquer provocação ou violência".

"Estamos preocupados com as informações sobre o uso excessivo da força pela polícia", disse Kerry a repórteres depois de uma reunião com seu colega polonês Radoslaw Sikorski. "Obviamente esperamos que seja feita uma investigação completa destes incidentes e a retenção total da força policial com relação a este tipo de ação".

Grupos de direitos humanos afirmam que centenas de pessoas ficaram feridas desde sexta-feira em todo o país nos protestos que registraram confrontos manifestantes, munidos com pedras, e as forças de ordem, que utilizam bombas de gás lacrimogêneo.

Fotógrafos da AFP em Ancara viram nesta segunda-feira a polícia utilizar bombas de gás lacrimogêneo e canhões de água para dispersar os manifestantes no quarto dia de protestos violentos no país.

Veja também:

O menino cego de 9 anos que dá aula em escola destruída pela guerra no Iêmen
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade