PUBLICIDADE

Mundo

Negociações para trégua em Gaza são interrompidas

Conversas travaram a cinco dias do início do Ramadã

5 mar 2024 - 07h40
(atualizado às 07h55)
Compartilhar
Exibir comentários

As negociações para um cessar-fogo na Faixa de Gaza no Cairo, capital do Egito, foram interrompidas sem resultados concretos, faltando apenas cinco dias para o início do Ramadã, o mês sagrado do Islã.

Basem Naim, dirigente do Hamas, disse que o grupo fundamentalista apresentou sua proposta para uma trégua aos mediadores durante dois dias de tratativas e que espera uma resposta de Israel, que decidiu não participar da rodada de conversas.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chegou a dizer que esperava um acordo para a última segunda-feira (4), mas o ataque israelense contra civis palestinos durante uma distribuição de ajuda humanitária em Gaza, ocasião em que mais de 100 pessoas morreram, afetou as negociações.

Israel afirmou que o Hamas tem até o início do Ramadã, em 10 de março, para libertar todos os reféns sequestrados em 7 de outubro e evitar uma ofensiva em larga escala em Rafah, cidade mais meridional da Faixa de Gaza, na fronteira com o Egito, e que abriga atualmente cerca de 1,5 milhão de pessoas.  

Ansa - Brasil   
Compartilhar
Publicidade
Publicidade