0

Navalny sai de coma induzido em hospital de Berlim

Opositor russo está internado após envenenamento

7 set 2020
10h52
atualizado às 10h59
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, saiu do coma induzido nesta segunda-feira (07), informou em comunicado o hospital Charitè, de Berlim.

Líder da oposição russa Alexei Navalny
27/08/2019
REUTERS/Shamil Zhumatov
Líder da oposição russa Alexei Navalny 27/08/2019 REUTERS/Shamil Zhumatov
Foto: Reuters

"Navalny deixou o coma e agora está entubado para a ventilação mecânica", diz ainda o boletim ressaltando que as condições de saúde do russo "melhoraram". "Efeitos de longo prazo causados pelo envenenamento, porém, não estão excluídos", concluem os médicos.

O principal opositor de Vladimir Putin está na Alemanha desde 23 de agosto, após pedido de família. Ele foi internado às pressas três dias antes, em um hospital de emergências em Omsk, após passar mal durante um voo entre a Sibéria e Moscou.

Para os médicos alemães, Navalny foi vítima de envenenamento com uma substância química do grupo novichock - informação negada pelos russos.

Nesta segunda, novamente, o Kremlin negou as acusações da Alemanha dizendo ser um "absurdo" e "inaceitável" culpar o Estado russo pelo envenenamento.

Por sua vez, durante uma coletiva com a imprensa alemã, o porta-voz de Angela Merkel, Steffan Seibert, reafirmou que o governo debate a imposição de sanções contra o governo de Moscou - incluindo na questão do gás, do qual os russos são os principais fornecedores - e ressaltou que a chanceler não conversou diretamente com Putin sobre o caso Navalny. .
   

Veja também:

Os fatores por trás da popularidade de Jacinda Ardern, reeleita com folga premiê da Nova Zelândia
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade