PUBLICIDADE

Míssil atinge prédio residencial em Kiev; veja vídeo

A parte externa de vários apartamentos ficou completamente destruída, os interiores queimados e destroços se espalharam pela rua

26 fev 2022 - 12h54
Ver comentários
Publicidade
Prédio de apartamentos danificado por um recente bombardeio em Kiev, na Ucrânia, em 26 de fevereiro de 2022
Prédio de apartamentos danificado por um recente bombardeio em Kiev, na Ucrânia, em 26 de fevereiro de 2022
Foto: REUTERS/Gleb Garanich

Um prédio residencial localizado próximo a um aeroporto de Kiev, capital da Ucrânia, foi atingido por um míssil na manhã deste sábado, 26. De acordo com o conselheiro do Ministério do Interior, Anton Herashchenko, ninguém morreu na explosão.

A parte externa de vários apartamentos ficou completamente destruída, os interiores queimados e destroços se espalharam pela rua. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o momento do impacto.

 

 

 

O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, compartilhou uma foto do edifício atingido pelo projétil e chamou os russos de "criminosos de guerra". "Kiev, nossa esplêndida e pacífica cidade, sobreviveu a mais uma noite sob ataques de forças terrestres russas, mísseis", escreveu ele. "Eu peço ao mundo: isole totalmente a Rússia, expulse embaixadores, embargo de petróleo, arruine sua economia. Parem os criminosos de guerra russos!"

 

 

Além da capital, intensos bombardeios foram registrados em outras cidades do país no 3º dia de guerra. O comando militar da Ucrânia informou que áreas próximas a Sumy, Poltava e Mariupol foram atacadas com mísseis de cruzeiro russos Kalibr lançados no país a partir do Mar Negro.

De acordo com dados do Ministério da Saúde da Ucrânia, citados pela agência Interfax, 198 pessoas morreram desde o início da invasão russa, incluindo três crianças.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade