PUBLICIDADE

Gasolina na Itália tem maior preço desde outubro de 2014

Valor subiu 20% em 2021 e está em 1,670 euro por litro

21 set 2021 13h50
| atualizado às 13h59
ver comentários
Publicidade

Um levantamento semanal divulgado nesta terça-feira (21) pelo Ministério de Transição Ecológica (MiTE) da Itália mostrou que a média do preço da gasolina no país voltou a subir e chegou aos níveis de outubro de 2014.

Gasolina italiana vem sofrendo altas constantes em 2021
Gasolina italiana vem sofrendo altas constantes em 2021
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Na última semana, na modalidade self, o preço médio foi de 1,670 euro por litro, uma alta de pouco mais de oito cêntimos, na comparação com os sete dias anteriores. No fim de outubro de 2014, o valor estava em 1,681 euro.

Também aumentou o preço do diesel, que subiu para 1,516 o litro, no maior valor desde maio de 2019.

"É preciso que o governo intervenha não apenas na luz e no gás, mas também sobre a gasolina cara, reduzindo os impostos especiais sobre o consumo de combustíveis. Caso contrário, essas três vozes arriscam fazer-nos subir para a alta inflação com repercussões sobre o poder de compra das famílias e, por consequência, do consumo", informou em nota a União Nacional dos Consumidores (UNC) também referindo-se aos aumentos recordes nos outros dois insumos.

Conforme os cálculos divulgados pela UNC, desde o início de 2021, o aumento "na base anual dos gastos equivale a 338 euros por ano de gasolina e de 299 euros por ano no diesel", altas de respectivamente 20,3% e 19,7%. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade