PUBLICIDADE

França suspende todos voos com origem ou destino ao Brasil

País teme disseminação da variante P.1 do novo coronavírus

13 abr 2021
11h59 atualizado às 13h21
0comentários
11h59 atualizado às 13h21
Publicidade

O governo da França anunciou nesta terça-feira (13) a suspensão de todos os voos com origem ou destino no Brasil para evitar a disseminação de uma variante do novo coronavírus que teria surgido em Manaus.

Avião da Air France no Aeroporto Charles de Gaulle, perto de Paris
Avião da Air France no Aeroporto Charles de Gaulle, perto de Paris
Foto: EPA / Ansa - Brasil

A chamada P.1 já é predominante em muitas partes do país sul-americano e carrega mutações que tornam o Sars-CoV-2 mais transmissível, porém estudos ainda estão em curso para determinar com clareza se a variante é mais letal ou resistente a vacinas que o vírus original.

"Observamos que a situação está piorando e, por isso, decidimos suspender todos os voos entre França e Brasil até segunda ordem", disse o primeiro-ministro francês, Jean Castex, em pronunciamento no Parlamento.

A variante P.1 ainda apresenta baixa circulação na França, país que enfrenta uma alta nos casos do novo coronavírus nas últimas semanas. O Brasil, por sua vez, enfrenta o pior momento da pandemia desde o fim de fevereiro e viu a média móvel de óbitos em sete dias bater recorde na última segunda-feira (12), com 3.124, segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

O país sul-americano contabiliza 354.617 mortos por covid-19, sem contar a subnotificação, atrás apenas dos Estados Unidos em números absolutos. Além disso, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, o Brasil tem a 15ª maior taxa de mortalidade no mundo (169 óbitos para cada 100 mil habitantes) e vem se aproximando rapidamente dos países à sua frente, como Peru, Estados Unidos, Itália e Reino Unido.

Já a França acumula 99.294 mortes, oitava maior cifra em índices absolutos e a 24ª em termos relativos (148/100 mil hab.). 

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade