PUBLICIDADE

França coloca ex-terrorista italiano em 'liberdade vigiada'

Maurizio Di Marzio havia sido preso 24 horas antes em Paris

20 jul 2021 15h31
| atualizado às 15h49
ver comentários
Publicidade

A Justiça da França colocou em liberdade o ex-terrorista italiano Maurizio Di Marzio, 61 anos, nesta terça-feira (20), cerca 24 horas depois de sua prisão em Paris.

Di Marzio fugiu para a França no início da década de 1990
Di Marzio fugiu para a França no início da década de 1990
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Conforme fontes próximas ao caso, o criminoso está livre, mas sob controle judicial, o que significa que seu passaporte ficou retido e que há obrigação de comparecimento à polícia de Paris a cada 15 dias.

Di Marzio era o último italiano foragido desde a deflagração da operação "Sombras Vermelhas", iniciada em abril deste ano. Ele havia fugido para a França no início dos anos 1990 e, por anos, foi dono de um restaurante de comida italiana.

O terrorista era membro do grupo Brigadas Vermelhas, o mesmo de Cesare Battisti, e é acusado pela polícia italiana de ter participado de um atentado contra um dirigente da província de Roma, Enzo Retrosi, em 1981, e de uma tentativa de sequestro contra o policial Nicola Simone no ano seguinte.

A Itália havia pedido a extradição de Di Marzio, mas o pedido ainda está em análise. De acordo com as fontes judiciais, a primeira audiência perante à Corte de Apelação da capital francesa está marcada para esta quarta-feira (21). .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade