PUBLICIDADE

Sete morrem e outros 20 ficam feridos no leste da Ucrânia

Bombardeios são constantes e se repetem todos os dias na cidade, mesmo com o cessar-fogo acertado no dia 5 de setembro

6 out 2014 14h02
ver comentários
Publicidade
Veículo blindado do Exército ucraniano trafega em estrada perto da cidade de Slaviansk, na Ucrânia. 5/10/2014.
Veículo blindado do Exército ucraniano trafega em estrada perto da cidade de Slaviansk, na Ucrânia. 5/10/2014.
Foto: David Mdzinarishvili / Reuters

Sete civis morreram e outros 20 ficaram feridos durante o fim de semana devido a bombardeios ocorridos na cidade de Donetsk, principal reduto dos separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia.

As informações foram divulgadas em comunicado pela prefeitura de Donetsk, habitada por quase 1 milhão de pessoas antes do início do conflito em abril.

Além disso, os disparos causaram danos em edifícios de mais de vinte ruas dos distritos de Kievski, Kuybishevski e Petrovski.

Segundo a prefeitura, a situação segue tensa na cidade. Vários disparos de artilharia ainda podem ser ouvidos em bairros residenciais.

Os bombardeios são constantes e se repetem todos os dias na cidade, mesmo com o cessar-fogo acertado no dia 5 de setembro.

Os insurgentes denunciaram que as tropas ucranianas continuam desenvolvendo ações militares no entorno do aeroporto de Donestk, o maior foco de tensão entre Kiev e os separatistas desde a assinatura do acordo de Minsk.

"As unidades do exército ucraniano prosseguem em combate nas posições ocupadas do aeroporto, nas instalações subterrâneas e nas florestas dos arredores", disse um porta-voz dos separatistas à agência russa Interfax.

Entenda a crise na Ucrânia Entenda a crise na Ucrânia

EFE   
Publicidade
Publicidade