PUBLICIDADE

Putin nega que forças russas estejam cercando bases ucranianas na Crimeia

4 mar 2014 09h08
ver comentários
Publicidade
<p>Pessoas se manifestando contra as tropas russas na Ucr&acirc;nia do lado de fora de uma reuni&atilde;o emergencial entre ministros das Rela&ccedil;&otilde;es Exteriores da Uni&atilde;o Europeia em Bruxelas</p>
Pessoas se manifestando contra as tropas russas na Ucrânia do lado de fora de uma reunião emergencial entre ministros das Relações Exteriores da União Europeia em Bruxelas
Foto: Yves Herman / Reuters

O presidente russo, Vladimir Putin, negou nesta terça-feira que as forças russas estejam cercando as bases militares ucranianas na Crimeia, afirmando que apenas "forças locais de autodefesa" estão no local.

Ao ser perguntado sobre se existiam forças russas cercando as bases na Crimeia, Putin respondeu: "Não, não participam. São forças locais de autodefesa" que bloqueiam as bases ucranianas na Crimeia, disse.

No entanto, Putin ressaltou que o recurso às forças armadas russas na Ucrânia seria legítimo.

"Se tomarmos a decisão de utilizar as forças armadas na Ucrânia, seria totalmente legítimo", disse. "Contamos com um pedido do presidente legítimo", afirmou Putin, referindo-se ao chefe de Estado destituído Viktor Yanukovytch que, no entanto, segundo ele "não tem futuro político".

&amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/mundo/ucrania-x-russia/&amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;quot;http://noticias.terra.com.br/mundo/ucrania-x-russia/&amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;gt;
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade