0

Mundo

Dois alpinistas xerpas estabelecem novos recordes no Everest

Getty Images
16 mai 2018
15h09
atualizado às 15h32
  • separator
  • comentários

Um montanhista nepalês escalou o Monte Everest pela 22ª vez, enquanto uma alpinista chegou ao cume da montanha pela nova vez, ambos estabelecendo novos recordes na montanha mais alta do mundo, disseram autoridades nesta quarta-feira.

A 22ª vez que Ang Kami chegou ao topo da montanha estabeleceu um novo recorde de mais vezes no cume do Everest.

O alpinista de 48 anos escalou os 8.850 metros pela rota sudeste, acompanhado de outros 13 alpinistas incluindo seus clientes, disse Gyanendra, do Departamento de Turismo local.

Sua mais recente escalada o levou a superar outros dois xerpas com quem dividia o recorde de mais vezes no cume.

"Ele estabeleceu o novo recorde mundial", disse Mingma Sherpa, presidente da empresa Seven Summit Treks, para a qual Kami trabalha.

Kami já iniciou sua descida e deve chegar ao acampamento base no fim de semana, acrescentou Shrestha à Reuters.

A rota usada por ele para chegar ao cume foi aberta pelo neo-zelandês Edmund Hillary e o xerpa Tenzing Norgay, que se tornaram os primeiros alpinistas a chegaram ao cume, em 1953.

Também nesta quarta-feira, uma mulher de 44 anos, Lhakpa Sherpa, que mora em Connecticut, nos Estados Unidos, chegou ao cume do Everest pela nova vez, quebrando seu próprio recorde feminino de mais vezes no pico da montanha, disse a empresa de alpinismo do Nepal pela qual ela fez a escalada.

Lhakpa, que escalou pelo lado tibetano da montanha, foi acompanhada por um guia durante a subida, disse RajivShrestha, da Seven Summit Club, empresa que organizou a expedição dela.

A temporada de escaladas vai de março a maio, e centenas de alpinistas estão neste momento no Everest, tentando alcançar o cume da montanha tanto pelo lado nepalês como pelo lado tibetano da montanha.

Os xerpas, uma etnia da região mais montanhosa do Nepal, são reconhecidos por sua resistência e experiência em grandes altitudes, servem como guias para centenas de alpinistas estrangeiros que tentam escalar os picos mais altos do Himalaia.

 

Veja também:

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade