0

Suspeita de matar americana é presa nos Emirados Árabes

A suspeita tem 38 anos e também teria tentado explodir uma bomba na residência de médico americano

4 dez 2014
12h42
atualizado às 13h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Americana foi morta em Abu Dhabi, onde dava aulas no jardim de infância
Americana foi morta em Abu Dhabi, onde dava aulas no jardim de infância
Foto: Facebook / Reprodução

Uma mulher dos Emirados Árabes Unidos, suspeita de ter matado a facadas uma professora americana e de ter feito a tentativa de um atentado frustrado com explosivos na residência de outro cidadão americano, foi detida, informaram as autoridades.

O ministro do Interior, Saif Bin Zayed, afirmou que a mulher presa depois de supostamente matar a professora em um shopping de Abu Dhabi, tentou colocar uma bomba artesanal diante da casa de um médico americano, que foi desativada pela polícia.

O ministro não explicou quais seriam as motivações da suspeita de 38 anos.

Uma operação policial foi lançada na segunda-feira para encontrar a misteriosa pessoa que usava o tradicional vestido e véus negros muçulmanos, que havia sido filmada pelas câmeras de segurança depois do assassinato.

A professora americana assassinada, de 37 anos, trabalhava em uma creche. Foi esfaqueada depois de uma violenta discussão no banheiro do shopping Boutik Mall, na ilha de Reem.

Veja também:

Bilby, o estranho animal com 'orelhas de coelho' que volta à natureza após quase desaparecer
AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade