1 evento ao vivo

Número de refugiados sírios ultrapassa três milhões

Metade dos afetados são crianças; países mais procurados são Líbano, Jordânia e Turquia

29 ago 2014
07h56
  • separator
  • 0
  • comentários

A guerra civil na Síria forçou a fuga de três milhões de pessoas do país, um recorde dramático alcançou nesta sexta-feira, revelou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur). Um milhão das fugas aconteceu somente neste último ano, informou a ONU nesta sexta-feira.

Refugiados sírios são vistos na Jordânia após fugirem de seu país por conflitos
Refugiados sírios são vistos na Jordânia após fugirem de seu país por conflitos
Foto: Jared J. Kohler / AFP

"A crescente crise de refugiados da Síria ultrapassará hoje três milhões de pessoas", afirma um comunicado da agência de refugiados da ONU (ACNUR).

O número não inclui centenas de milhares de pessoas que fugiram sem o registro de refugiados.

Há menos de um ano, o número de refugiados registrados era de dois milhões, recordou a agência, que ressalta as "cada vez mais horrorosas condições dentro do país" que explicam o aumento.

"Há cidades onde a população está cercada, as pessoas têm fome e os civis estão sendo assassinados indiscriminadamente".

Mais de 191.000 pessoas morreram na Síria desde o início do conflito, em março de 2011.

Além dos refugiados, a violência provocou o deslocamento de 6,5 milhões de pessoas dentro do país, o que significa que quase 50% dos sírios foram obrigados a fugir de suas casas, segundo a ACNUR.

Metade dos afetados são crianças, lamenta a agência.

A grande maioria dos sírios, por volta de 1,14 milhão, buscou refúgio no Líbano, outros 608 mil na Jordânia e 815 mil na Turquia.

Com informações da EFE e AFP. 

Entenda os conflitos na Síria Entenda os conflitos na Síria: Confrontos começaram em março de 2011, se transformaram em guerra civil e já fizeram milhares de mortos e outros milhões de refugiados

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade