PUBLICIDADE

Japão abate 30 baleias na costa do país

Essa é a primeira caça realizada no país desde que o tribunal da ONU ordenou a suspensão da atividade na Antártida, em março

17 jun 2014 08h38
| atualizado às 09h31
ver comentários
Publicidade
<p><i>O</i> Japão assinou uma moratória à caça de baleias em 1986, mas continuou caçando os animais, segundo o país, para pesquisa</p>
O Japão assinou uma moratória à caça de baleias em 1986, mas continuou caçando os animais, segundo o país, para pesquisa
Foto: Twitter

O Japão abateu 30 baleias minke na costa nordeste do país durante a primeira caça realizada desde que o Tribunal Penal Internacional ordenou que Tóquio suspendesse a caça desses mamíferos na Antártida. A informação é da agência de notícias France Press.

A caça acontece na primavera e no outono, nas águas costeiras do Pacífico. De acordo com a agência, os caçadores mataram 16 machos e 14 fêmeas, de cerca de seis metros de comprimento.

De acordo com a Reuters, o Japão assinou uma moratória à caça de baleias em 1986, mas continuou caçando até 850 baleias minke nas águas geladas do oceano Austral, citando um tratado de 1946 que permite matar os gigantes mamíferos para pesquisa.

O primeiro-ministro Shinzo Abe despertou fúria em nações anti-caça ao animal, no início deste mês, ao dizer ao Parlamento que iria aumentar os esforços no sentido de retomar a caça comercial.

Uma pesquisa feita recentemente por um jornal nacional mostrou que a maioria dos entrevistados apoiam a caça do mamífero no Japão.

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade