3 eventos ao vivo

A mulher que se veste como homem para trabalhar em uma barbearia na Índia

Na conservadora sociedade indiana, esse trabalho é muitas vezes associado ao homem

14 mar 2019
14h29
  • separator
  • 0
  • comentários

Por quatro anos, Neha Sharma manteve um segredo dos clientes de quem cortava o cabelo e aparava a barba no norte da Índia.

Foto: BBC News Brasil

Ninguém sabia que ela era uma mulher.

Na conservadora sociedade indiana, esse trabalho é muitas vezes associado ao homem.

Mas Sharma decidiu, a seu modo, confrontar os preconceitos.

Foto: BBC News Brasil

Tudo começou quando seu pai, o dono da barbearia, ficou doente.

O local era a única fonte de renda da família. Sem escolha, ela e sua irmã decidiram tocar o negócio.

Mas para isso tiveram de encontrar uma forma de evitar a possível resistência dos clientes conservadores.

"Sou uma mulher fazendo o trabalho que seria de um homem. Não gosto, mas não tenho escolha", diz Sharma.

Foto: BBC News Brasil

"Me visto assim desde que comecei (a trabalhar). Até cortei meu cabelo bem curto", acrescenta.

Sharma conta que uma vez um cliente perguntou seu nome.

"Eu disse: Neha Sharma. Ele se desculpou, mas disse que não me deixaria cortar seu cabelo se soubesse que eu era mulher", lembra.

"As pessoas fazem todo o tipo de comentário, mas eu estou focada no meu trabalho", completa.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade