0

Após tapa em fiel, Papa aceita beijo de freira no Vaticano

Francisco também brincou com a mulher, que prometeu não o morder

8 jan 2020
14h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Após ter dado no mês passado um tapa na mão de uma peregrina que o puxou bruscamente, o papa Francisco teve uma reação descontraída nesta quarta-feira (8) ao aceitar o pedido de um beijo de uma freira.

Após tapa em fiel, Papa aceita beijo de freira no Vaticano
Após tapa em fiel, Papa aceita beijo de freira no Vaticano
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Tudo começou no início da audiência geral, enquanto o pontífice andava pelo grande salão, onde milhares de pessoas o aguardavam, uma empolgada freira perguntou se Francisco daria um beijo nela.

Na oportunidade, o Papa aproveitou para fazer uma piada e aceitou, desde que a mulher prometesse não o morder.

A brincadeira do Papa provocou riso nas pessoas que estavam próximas e o líder da Igreja Católica deu um beijo na bochecha direita da freira, que pulou de alegria e agradeceu o pontífice.

Durante um encontro com fiéis na Praça São Pedro, no Vaticano, na véspera do ano novo, uma mulher agarrou a mão direita do Papa e o puxou para perto de uma grade que o separava do público.

Francisco reclamou da abordagem e chegou a dar um leve tapa na mão da peregrina para se soltar, saindo visivelmente irritado. No dia seguinte do incidente, Francisco pediu desculpas pelo tapa, dizendo ter dado um "mau exemplo".

Veja também:

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade