PUBLICIDADE

Filhas caçulas de Mandela viam filme sobre o pai na hora da morte

6 dez 2013 03h34
| atualizado às 07h14
ver comentários
Publicidade
Após ver filme de Mandela, William e Kate lamentam morte dele:

As duas filhas mais jovens de Nelson Mandela estavam presentes na première do filme Mandela: Long Walk to Freedom em Londres no momento em que foi anunciada a morte de Mandela pelo atual presidente sul-africano, Jacob Zuma. O príncipe William e sua mulher, Kate Middleton, também participavam do evento, de acordo com informações da agência AP.

Chegou a ser discutido a interrupção do filme, mas as filhas do ex-presidente, que deixaram o local imediatamente, pediram para que o longa continuasse a ser exibido, segundo um porta-voz da produção.

O produtor, Anant Singh, anunciou a morte de Nelson Mandela ao fim do filme, e pediu por um momento de silêncio da plateia, que incluía o príncipe William e sua mulher, Kate Middleton. O herdeiro da coroa britânica classificou a notícia como triste e trágica.

Perguntada no tapete vermelho, antes do início do filme, sobre a saúde do pai, Zindzi Mandela disse que “meu pai está bem... Ele é apenas um típico homem de 95 anos, que está frágil”.

O atual presidente da África do Sul, Jacob Zuma, comunicou em um discurso na rede de televisão e rádio pública que Mandela morreu “em paz”. “Nossa nação perdeu o maior de seus filhos e um pai", informou Zuma.

Mandela se tornou em 1994 o primeiro presidente negro da história da África do Sul e liderou, junto com seu antecessor no cargo e último governante do apartheid, Frederik De Klerk, uma transição democrática que evitou uma guerra civil entre brancos e negros no país.

Mandela tinha saído de prisão quatro anos antes, após ficar preso por 27 anos por suas ações contra o regime segregacionista. Foi nas prisões do "apartheid" que contraiu os problemas respiratórios que provocaram sua morte.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade