2 eventos ao vivo

Egito: ataque armado no Sinai deixa 24 policiais mortos

19 ago 2013
06h13
atualizado às 06h16
  • separator
  • comentários

Pelo menos 24 policiais morreram nesta segunda-feira e outros três ficaram gravemente feridos em um ataque armado perto da cidade de Rafah, no norte do Sinai egípcio e na fronteira com a Faixa de Gaza, disseram fontes policiais.

Um grupo de seis homens armados jogou bombas contra dois micro-ônibus nos quais se deslocavam os membros das forças egípcias na estrada que liga Rafah com Al Arish, capital do Norte do Sinai.

Segundo as fontes policiais de Al Arish consultadas, esses projéteis não atingiram os micro-ônibus, de modo que os agressores, que viajavam em dois carros, passaram a obrigar os policiais a sair dos veículos, atirando contra eles em seguida.

Entre os mortos estão os dois motoristas dos micro-ônibus, que também são policiais, enquanto os feridos foram levados a um hospital.

O Egito está imerso em uma onda de violência desde na quarta-feira passada, quando a Polícia desalojou dois acampamentos no Cairo de manifestantes islamitas que reivindicam o retorno ao poder de Mohammed Mursi, deposto em 3 de julho por um golpe militar.

Cerca de 800 pessoas morreram no Egito desde a última quarta-feira em conflitos entre apoiadores do presidente islammista deposto Mohamed Mursi e as forças de segurança. A polícia afirmou ter detido mais de mil simpatizantes da Irmandade nos últimos das, parte de uma ampla ofensiva que visa aplacar a recente turbulência.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade