PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Mundo

A possível conexão de Stonehenge com a Lua investigada por cientistas

Pesquisadores estão investigando se Stonehenge se alinha com as posições da Lua, assim como do Sol.

17 abr 2024 - 08h11
(atualizado às 08h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Stonehenge de noite
Stonehenge de noite
Foto: Getty Images / BBC News Brasil

Pesquisadores estão investigando se Stonehenge, na Inglaterra, se alinha com as posições da Lua, assim como do Sol.

Stonehenge é o círculo de pedras mais conhecido e arquitetonicamente mais sofisticado do mundo antigo.

A instituição britânica English Heritage, responsável pela administração de Stonehenge, e especialistas de outras organizações estão estudando a relação entre o antigo monumento e o lunistício, que acontece a cada 18,6 anos.

O termo lunistício se refere ao ponto em que o nascer e o pôr da Lua estão mais distantes ao longo do horizonte, e o próximo está previsto para acontecer entre 2024 e 2025.

A teoria é de que estes movimentos lunares podem ter sido observados na fase inicial de Stonehenge — e teriam influenciado seu design posterior.

Como o lunistício ocorre com relativa baixa frequência, os acadêmicos aproveitaram a oportunidade para estudá-lo.

A English Heritage está trabalhando em parceria com especialistas das universidades de Oxford, Leicester e Bournemouth, todas no Reino Unido, assim como da Royal Astronomical Society.

"Podemos então estar falando de um evento geracional para o qual as pessoas podem ter vindo a Wiltshire (onde está localizado Stonehenge)", afirma Fabio Silva, da Universidade de Bournemouth.

"Nunca seremos capazes de provar isso, mas quanto maior a compreensão que conseguirmos obter destes monumentos e da Lua, mais forte será o argumento."

Para isso, professores e estudantes da Universidade de Bournemouth vão registrar os movimentos da Lua e sua relação com as pedras.

"Está nascendo mais ao norte do que antes e, quinze dias depois, nasce mais ao sul, e acreditamos que lugares como Stonehenge podem se alinhar com a Lua quando está fazendo isso", explica Silva.

"Isso vai acrescentar uma nuance muito mais diversificada às respostas que já temos."

O solstício de verão em Stonehenge é um evento bastante popular que atrai milhares de visitantes todos os anos
O solstício de verão em Stonehenge é um evento bastante popular que atrai milhares de visitantes todos os anos
Foto: PA / BBC News Brasil

Stonehenge é amplamente conhecida por sua conexão com os movimentos do Sol, em particular no solstício de verão, quando milhares de pessoas se aglomeram no monumento nas primeiras horas do dia para testemunhar o nascer do Sol.

"A conexão arquitetônica de Stonehenge com o Sol é bem conhecida, mas sua relação com a Lua é menos compreendida", observa Clive Ruggles, professor da Universidade de Leicester e especialista em Arqueoastronomia (que estuda como as pessoas no passado entendiam os fenômenos no céu).

"As quatro 'Pedras da Estação' se alinham com as posições extremas da Lua, e os pesquisadores têm debatido há anos se isso foi deliberado - e, em caso afirmativo, como conseguiram fazer isso e qual pode ter sido o propósito."

A English Heritage está convidando o público a participar de uma série de eventos, incluindo palestras, um planetário temporário, observação de estrelas e uma nova exposição. Também vai transmitir ao vivo o nascer da Lua mais ao sul em Stonehenge.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade