Justiça

Dino afirma que chamar rival político de 'fascista' ou 'nazista' não é calúnia

5 jun 2024 - 09h31
Compartilhar

Os ministros da Primeira Turma do STF, começaram a debater, na última terça-feira, 4, se configura crime contra a honra um parlamentar classificar um adversário político como "nazista". “Eu considero que a palavra nazista, fascista, não possui o caráter de ofensa pessoal ao ponto de caracterizar calúnia, injúria, difamação”, disse o ministro. Ele ainda considera que o mesmo se aplica a outras classificações, como a de "extremista" ou de "comunista". O julgamento foi interrompido por um pedido de vista e ainda não há uma definição. 

Reprodução/ STF/ YouTube

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Seu Terra












Publicidade