1 evento ao vivo

Falha em foguete obriga astronautas a fazer pouso de emergência

11 out 2018
09h29
  • separator
  • comentários

Americano e russo voltam à Terra numa cápsula, sujeitos a intensa força gravitacional, mas estão bem. Motivo da falha no foguete propulsor da aeronave ainda é desconhecido.Dois astronautas tiveram que fazer um pouso de emergência nesta quinta-feira (11/10) após uma falha logo após o lançamento da aeronave russa Soyuz MS-10 que os levaria até a Estação Espacial Internacional (ISS).

Nave Soyuz MS-10 deixa plataforma de lançamento no Cazaquistão
Nave Soyuz MS-10 deixa plataforma de lançamento no Cazaquistão
Foto: DW / Deutsche Welle

O americano Nick Hague, da Nasa, e o russo Alexei Ovchinin, da Roscosmos, voltaram à Terra numa cápsula que aterrissou perto da cidade de Dzhezkazgan, no Cazaquistão, após o lançamento mal-sucedido. A cápsula retornou numa descida balística, cujo ângulo é mais acentuado que o normal, sujeitando-os a uma forte intensidade gravitacional.

Segundo a Nasa, equipes de resgate foram enviadas ao local de aterrissagem, onde Hague e Ovchinin foram retirados da cápsula e encontram-se bem.

A falha ocorreu no segundo estágio de operação do foguete propulsor, que se desligou 2 minutos após o lançamento no cosmódromo de Baikonur, base de lançamentos no Cazaquistão administrada pela Rússia. A origem do problema ainda não foi esclarecida.

O chefe da agência russa, Dmitry Rogozin, que assistiu ao lançamento junto com o administrador da Nasa, Jim Bridenstine, afirmou que as causas estão sendo investigadas.

Os astronautas pretendiam aterrissar na ISS após uma viagem de seis horas e passar seis meses na estação realizando uma série de experimentos.

O ocorrido representa um revés sem precedentes para o programa espacial russo, abalado por diversos lançamentos mal-sucedidos e outros incidentes nos últimos anos.

Desde 2011, quando a Nasa interrompeu seu programa próprio de transportes, só é possível chegar até a ISS com a Soyuz. A Rússia, contudo, deve perder o monopólio do trajeto com a chegada da Dragon v2, da SpaceX, e das cápsulas Starliner, da Boeing.

PJ/ap/dpa/ots

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp |

App | Instagram | Newsletter

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade