PUBLICIDADE

Pastor Everaldo defende o desenvolvimento sustentável

Agenda Brasil Sustentável propõe que candidatos tenham propostas para temas considerados estratégicos para o desenvolvimento sustentável

12 ago 2014 - 16h04
(atualizado às 16h15)
Compartilhar
Exibir comentários

O candidato do PSC à Presidência da República, Pastor Everaldo, defendeu nesta terça-feira propostas relacionadas ao desenvolvimento sustentável e ao meio ambiente. Ele recebeu, nesta manhã, de representantes da sociedade civil, a Agenda Brasil Sustentável, documento organizado pelo Instituto Ethos, que contém um conjunto de princípios e compromissos em prol da sustentabilidade propostos aos candidatos.

“Temos muito interesse em conciliar. Para nós, é muito importante, não só ouvir como falar dos meus pensamentos a respeito. Nós, do PSC, temos essa preocupação. Desenvolvimento sustentável, meio ambiente. O princípio cristão é que a natureza geme por essa situação, com a qual o homem não se preocupa. Temos isso por princípio”, disse o candidato, que recebeu o documento na sede do PSC, em São Paulo.

A Agenda Brasil Sustentável propõe que os candidatos se comprometam a incluir, nos seus respectivos programa de governo, propostas concretas para sete temas considerados estratégicos para o desenvolvimento sustentável: respeito aos limites do planeta; redução das desigualdades e garantias de direitos; integridade e transparência; economia para a sustentabilidade; reforma política e fortalecimento da democracia; valorização do trabalho e gestão pública.

O documento tem como signatárias mais de 50 organizações da sociedade civil, entre elas, a Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong), o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável, o Greenpeace, o Instituto Sócio Ambiental e a União de Ciclistas do Brasil.

Coligações partidárias: Dilma, Aécio e Eduardo CamposColigações partidárias: Dilma, Aécio e Eduardo Campos

Agência Brasil Agência Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade