3 eventos ao vivo

Grande número de candidaturas marca disputa em cidades do Estado de São Paulo

Em Ribeirão Preto, um único partido está presente em duas chapas, em Jundiaí, o vice-prefeito entrou na disputa contra o prefeito; veja os cenários

17 set 2020
12h05
atualizado às 16h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Sete grandes cidades do interior de São Paulo e uma do litoral têm, ao todo, 91 candidatos a prefeito. Para além do número de candidatos, a disputa traz algumas peculiaridades. Em Ribeirão Preto, um único partido está presente em duas chapas. Em Jundiaí, o vice-prefeito entrou na disputa contra o prefeito.

Veja o cenário eleitoral:

Com o PSL em duas chapas, disputa em Ribeirão chega a 12 candidaturas

O fim do prazo para a realizações de convenções partidárias para indicar os candidatos à eleição de prefeito não encerrou o imbróglio envolvendo o PSL em Ribeirão Preto. O partido chega a esta nova fase do processo eleitoral com um candidato a prefeito em uma chapa e um candidato a vice em outra.

Após o TRE conceder liminar parcial na terça-feira, 15, Rodrigo Junqueira - destituído da presidência do partido no dia 3 - ganhou o direito de realizar convenção nesta quarta-feira, e sua candidatura foi oficializada. Do outro lado da disputa interna, está mantida a coligação em que o capitão Del Vecchio é vice em chapa com MDB. Até a Justiça Eleitoral definir qual convenção vale, Ribeirão tem 12 candidaturas à prefeitura, com o PSDB buscando a reeleição e MDB e PT voltando a ser cabeça de chapa na cidade.

Os candidatos em Ribeirão

Da esquerda para a direita, os candidatos coronel Usai (PRTB); Duarte Nogueira (PSDB) e Antônino Alberto Machado (PT)
Da esquerda para a direita, os candidatos coronel Usai (PRTB); Duarte Nogueira (PSDB) e Antônino Alberto Machado (PT)
Foto: Youtube/Reprodução; Epitácio Pessoa/Estadão;e Epitácio Pessoa/Estadão / Estadão

Em ordem alfabética

  1. Alberto Machado (PT) - vice: Elsa Rossi (PT)
  2. Cristiane Bezerra (MDB) - vice: Edilson Del Vecchio, o capitão Del Vecchio (PSL)

    Coligação: MDB, PSL, PV

  3. Duarte Nogueira (PSDB) - vice: Daniel Gobbi (PP)

    Coligação: PSDB, PP, DEM, PL, PSC, PTB, Republicanos

  4. Emilson Roveri (Rede) - vice: Luiz Mariano (Rede)
  5. Fernando Chiarelli (Patriota) - vice: Valter Vanzo Junior, o Sargento Vanzo (Patriota)
  6. Gérsio Baptista (PMN) - vice: sem definição
  7. Lincoln Fernandes (PDT) - vice: em definição

    Coligação: PDT, Avante

  8. Luís Henrique Usai, o coronel Usai (PRTB) - vice: Sueli Albanezi (PRTB)
  9. Mauro Inácio (Psol) - vice: Maira Ribeiro (Psol)
  10. Rodrigo Junqueira (PSL) - vice: Luís Fernando Ramos, o 'cabo Ramos Bolsonaro' (PSL)
  11. Suely Vilela (PSB) - vice: Mateus Eduardo Vilela (Podemos)

    Coligação: PSB, Podemos, Cidadania, PSD, Solidariedade

  12. Vanderley Caixe (PCdoB) - vice: Glauber Silva (PCdoB)

Em Campinas, 13 candidatos querem ser prefeito

A disputa pela Prefeitura de Campinas, maior cidade do interior paulista, terá 13 candidatos neste ano, conforme definido nas convenções partidárias. Número recorde, superando os 11 do ano 2000. Três são mulheres, também a maior representação registrada, ante duas em 2016, além de cinco candidatas a vice. Ainda entre os concorrentes a prefeito, três são negros: o professor Ahmed Tarique (PMN), a urbanista Alessandra Ribeiro (PCdoB) e o ex-prefeito Dr. Hélio (PDT).

Com a pulverização das candidaturas, poucas aglutinaram alianças. A maior coligação é a do deputado estadual Rafa Zimbaldi (PL), com PSDB, PP, Avante, Podemos, Pros, PSC e Solidariedade. A segunda é a do ex-secretário de Esportes Dário Saadi (Republicanos), com PSB, MDB, DEM e PSL. Pela primeira vez na cidade, o PT, do vereador Pedro Tourinho, fará uma chapa de esquerda unido ao PSOL.

Os candidatos em Campinas

Em ordem alfabética

  1. Ahmed Tarique (PMN) - vice: Aristides Ferreira (PMN)
  2. Alessandra Ribeiro (PCdoB) - vice: João Carlos Lourenço (PCdoB)
  3. André von Zuben (Cidadania) - vice: Valéria Monteiro (Rede)

    Coligação: Cidadania e Rede

  4. Artur Orsi (PSD) - vice: a definir
  5. Dário Saadi (Republicanos) - vice: Wanderley Almeida (PSB)

    Coligação: Republicanos, PSB, MDB, DEM e PSL

  6. Delegada Teresinha (PTB) - vice: a definir
  7. Dr. Hélio (PDT) - vice: Surya Guimaraens (PDT)
  8. Laura Leal (PSTU) - vice: José Freitas (PSTU)
  9. Pedro Tourinho (PT) - vice: Edilene Santana (PSOL)

    Coligação: PT, PSOL e UP

  10. Rafa Zimbaldi (PL) - vice: Anna Beatriz Sampaio (PSDB)

    Coligação: PL, PSDB, PP, Avante, Podemos, Pros, PSC e Solidariedade

  11. Rogério Menezes (PV) - vice: Adalberto Maluf (PV)
  12. Rogério Parada (PRTB) - vice: Marco Antonio de Freitas Pires (PRTB)
  13. Wilson Matos (Patriota) - vice: Márcia Padovani (Patriota)

Em Rio Preto, cresce a participação feminina com duas candidatas e quatro vices

A eleição deste ano deve ter a maior participação feminina da história na corrida pela prefeitura de Rio Preto. São duas candidatas a prefeita, a da professora e sindicalista Celi Regina (PT) e a da Coronel Helena dos Santos Reis (Republicanos), e quatro vices: a advogada Merli Diniz (PCdoB), a sargento afastada Valquiria Faganelli (DC), a delegada Aglaé Antunes (Novo) e Terezinha Pachá (PSB). A Coronel Helena é a única candidata negra a disputar o comando do Executivo municipal. Neste ano, há dez concorrentes para o posto de prefeito - em 2016, foram seis.

Os candidatos em Rio Preto

Em ordem alfabética

  1. Carlos Arnaldo (PDT) - vice: Lawrence Garcia (PV)

    Coligação: PDT, PV, Rede

  2. Carlos Alexandre (PCdoB) - vice: Merli Diniz (PC do B)
  3. Celi Regina (PT) - vice: João Alfredo (PT)
  4. Coronel Helena dos Santos Reis (Republicanos) - vice: Cláudio Bolonhesi (PTB)

    Coligação: Republicanos, PTB, Solidariedade

  5. Edinho Araújo (MDB) - vice: Orlando Bolçone (DEM)

    Coligação: MDB, DEM, Avante, Patriota, PSD, PL, PP, PSDB, PMB, Podemos, Cidadania e Pros

  6. Filipe Marchesini (Novo) - vice: Aglaé Antunes (Novo)
  7. Marco Antônio Rillo (PSOL) - vice: Luciana Fontes (PSOL)
  8. Marcos Casale (PSL) - vice: Terezinha Pachá (PSB)Coligação: PSL, PSB, PTC e PSC
  9. Paulo Bassan (PRTB)- vice: Marcelo Zola Peres (PRTB)
  10. Rogério Vinicius dos Santos (DC) - vice: Sargento Valquiria Faganelli (DC)

Coligação: DC, PMN

Sorocaba tem sete candidatos e três grandes coligações

Com as convenções encerradas, sete candidatos vão disputar uma das mais acirradas eleições para a prefeitura de Sorocaba, com três candidaturas de peso apoiadas em duas coligações por cinco partidos cada e a terceira, com sete. Em 2016, houve cinco concorrentes. A batalha pelo voto terá duas mulheres - a prefeita Jaqueline Coutinho (PSL) e a deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB), que tem a tarefa de tentar levar os tucanos de volta ao poder: o partido governou a cidade por 20 anos, de 1996 a 2016. A batalha pelo voto levou PSOL e PT a unirem forças pela primeira vez em Sorocaba e formar uma chapa comum liderada pelo primeiro. O pleito terá um estreante concorrendo a prefeito, o médico Leandro Fonseca, mas nenhum candidato negro.

Os candidatos em Sorocaba

Em ordem alfabética

  1. Carlos Pépper (Solidariedade) - vice Leonildo Nicolette (Solidariedade)
  2. Jaqueline Coutinho (PSL) - vice Roberto Freitas (PSB)

    Coligação: PSL, PSB, MDB, Patriotas e PSC

  3. Leandro Fonseca (DEM) - vice Fernando Baddini (DEM)
  4. Maria Lúcia Amary (PSDB) - vice Anselmo Neto (Podemos)

    Coligação: PSDB, Podemos, PMN, PV e Rede

  5. Raul Marcelo (PSOL) - vice Paulo Eustasia (PT)
  6. Renan Santos (PDT) - vice Rosana Batista (PDT)
  7. Rodrigo Manga (Republicanos) - vice Fernando Martins Costa (PSD)

    Coligação: Republicanos, PSD, PRTB, PP, PL, PTB e PTC

Prefeito, vice, ex-prefeito e mais sete disputam a chefia do Executivo em Jundiaí

Dez candidatos vão disputar as eleições deste ano para a prefeitura de Jundiaí. O vencedor administrará uma das maiores e mais ricas cidades do interior, com 423.006 habitantes, 314.875 eleitores e o 7º PIB do Estado. Nas eleições de 2016, foram seis concorrentes. Agora, três mulheres e sete homens estão no páreo. Nove dos candidatos se declaram brancos. A concorrente do PSOL, a pedagoga Cíntia Vanessa, de 29 anos, é de origem indígena. O prefeito Luiz Fernando Machado, do PSDB, concorre à reeleição em dobradinha com Gustavo Martinelli, do DEM, vereador mais votado de 2016, depois que seu vice, o médico Antônio de Pádua Pacheco, o Dr. Pacheco, do Podemos, rompeu com ele e também concorre ao cargo.

Os candidatos de Jundiaí:

Da esquerda para a direita, os candidatos Luiz Fernando Machado (PSDB); Daniela da Câmara (PT) e Antônio de Pádua Pacheco (Podemos)
Da esquerda para a direita, os candidatos Luiz Fernando Machado (PSDB); Daniela da Câmara (PT) e Antônio de Pádua Pacheco (Podemos)
Foto: Prefeitura de Jundiaí/Divulgação; Facebook Daniela da Camara/Reprodução ;e Prefeitura de Jundiaí/Divulgação / Estadão

?Em ordem alfabética

  1. Alexandre Nicola (PDT) vice Vitor Machado (PDT)

  2. Antônio de Pádua Pacheco (Podemos) vice Caio Mesquita (Podemos)

  3. Cíntia Vanessa (PSOL) vice Paulo Matsushita (PSOL)

  4. Daniela da Câmara (PT) vice Arthur Augusto (PT)

  5. Edmarco Silva (PROS) vice Cristiane Pinheiro (PROS)

  6. Edney Duarte Junior (Novo) vice Rogério Souza (Novo)

  7. Fábio Marcussi (PSB) vice Fabiane Spiandorim (SPB)

  8. Luiz Fernando Machado (PSDB) vice Gustavo Martinelli (DEM) + PP, PSC, PTB, Republicanos, Avante, PL, PV e MDB

  9. Márcia Pará (DC) vice Alessandra Esquivel (DC)

  10. Marcus Dantas (PSL) vice Osmar Chile (PSL)

  11. Pedro Bigardi (Rede) vice Marcelo Lo Mônaco (Rede)

  12. Rafael Purgato (PCdoB) vice Reinaldo Santos (PCdoB)

  13. Silas Feitosa (PRTB) vice Vitor Fontolan.

Outras cidades

Onze candidatos concorrem em Santos

  1. Antônio Carlos Banha (MDB) vice José Roberto Chiarella (MDB) + PTC

  2. Bayard Umbuzeiro Filho (PTB) vice Valmir Nunes (PTB)

  3. Carlos Paz (Avante) vice não divulgado

  4. Douglas Martins (PT) vice Aurélio Rios (PT)

  5. Ivan Sartori (PSD) vice não divulgado

  6. João Vilella (Novo) vice Raul Rosa (Novo)

  7. Marcelo Coelho (PRTB) vice Lídia Nascimento (PRTB)

  8. Moysés Fernandes (PV) vice Sonia Brunetti (PV)

  9. Rogério Santos (PSDB) vice Renata Costa Bravo (PSDB) + PSB, PSL, PP, DEM, Republicanos, Podemos e PL

  10. Thiago Andrade (PCdoB) vice não divulgado

  11. Vicente Cascione (PROS) vice Décio Clemente (PROS)

Em São José dos Campos, PSDB faz coligação com cinco partidos

  1. Agliberto Chagas (Novo) - vice: Patrícia Borges (Novo)
  2. Anderson Senna (PSL) - vice: Coronel Paiva (Patriota)
  3. Constantino Cury (PSB) - vice: Márcio Salas (PSB)
  4. Coronel Eliane Nikoluk (PL) - vice: não divulgado
  5. Felício Ramuth (PSDB) - vice: Anderson Farias Ferreira (PSDB)

    Coligação: PSDB, DEM, MDB, PRTB, PSC e Solidariedade

  6. João Bosco (PCdoB) - vice: não divulgado
  7. Luiz Carlos de Oliveira (PTC) - vice: não divulgado
  8. Marina Sassi (PSOL) - vice: Wellington Cabral (PSOL)
  9. Raquel de Paula (PSTU) - vice: Luiz Carlos Prates (PSTU)
  10. Renata Paiva (PSD) - vice: Mário Domingos (PSD)
  11. Wagner Balieiro (PT) - vice: Vanda Siqueira (PT)

Obs: Em São José dos Campos, segue a convenção do Republicanos que pode confirmar a candidatura de Shakspeare Carvalho a prefeito.

Em Bauru, 14 concorrentes estão oficialmente na disputa

  1. Clodoaldo Gazzetta (PSDB) - vice: Toninho Gimenez (PTB)

    Coligação: PSDB, PTB, PL, PCdoB

  2. Edu Avallone (Republicanos) - vice: Moisés Rossi (Republicanos)
  3. Joaquim Oliveira (PROS) - vice: José Roberto Luciano (PROS)
  4. Jorge Moura (PT) - vice: Maria Flor Di Piero (Rede)
  5. José Clemente Rezende (Cidadania) - vice: Gerson Pinheiro (PDT)

    Coligação: Cidadania, PDT, Avante

  6. Luiz Carlos Valle (Podemos) - vice: Gislaine Magrini (PSC)
  7. Nelson Fio (PTC) - vice: Joel Joaquim de Souza (PTC)
  8. Raul Gonçalves de Paula (DEM) - vice: Fábio Manfrinato (PP)

    Coligação: DEM, PP, PSL, PRTB, MDB

  9. Renata Ribeiro (PSOL) - vice: Pedro Romualdo (PSOL)
  10. Rosana Polatto (PSB) - vice: Carlinhos Cantelli (PV)
  11. Sandro Bussola (PSD) - vice: Thyago Cézar (PSD)
  12. Sérgio Alba (Solidariedade) - vice: Arthur Corrêa (Solidariedade)
  13. Suéllen Rosim (Patriota) - vice: Orlando Costa (Patriota)
  14. Vagner Crusco (PCO) vice Francisco Paula Mariano (PCO)

Veja também:

Último debate entre Trump e Biden tem tom mais ameno, mas com troca de acusações; veja destaques
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade