PUBLICIDADE

Bolsonarista é preso após agredir equipe de reportagem durante atos golpistas no RS; veja

Ao menos dois casos de agressão a jornalistas foram registrados no Estado; governador reeleito Eduardo Leite repudiou a violência

3 nov 2022 - 09h40
(atualizado às 16h27)
Compartilhar
Exibir comentários
Apoiadores de Bolsonaro hostilizam a imprensa em atos golpistas no RS
Apoiadores de Bolsonaro hostilizam a imprensa em atos golpistas no RS
Foto: Band RS

Registros de equipes de reportagens mostram o desrespeito de manifestantes contra jornalistas durante atos golpistas em Porto Alegre (RS), realizados na quarta-feira, 2.

Em um dos casos, um homem foi preso após agredir uma equipe da TV Bandeirantes, que cobria um protesto de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) contra o resultado das eleições, que deram vitória para o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo a equipe, o agressor deu socos nos funcionários da emissora e chegou a quebrar a câmera.

Em nota, a TV Bandeirantes disse que "é inaceitável qualquer tipo de violência, assim como o cerceamento ao exercício do trabalho jornalístico", que está prestando apoio à equipe agredida e que registrou boletim de ocorrência sobre o caso.

Bolsonaristas se reúnem em frente a quartéis e são ignorados por militares:

Outro caso de agressão também marcou os protestos golpistas em Porto Alegre. Uma equipe de jornalismo, desta vez do SBT, foi hostilizada e precisou ser escoltado por policiais.

Ambos os casos foram mencionados pelo governador reeleito Eduardo Leite (PSDB), que repudiou a violência. "Ataques à imprensa são atentados contra a democracia", ressaltou.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade