0

Após usar 'Muppets' sem autorização, Joice diz a incomodados que acionem Justiça

Após processar Boulos por irregularidade na TV, candidata justifica que fez peça 'antibullying' mesmo sem autorização

12 out 2020
17h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A candidata do PSL à Prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann, disse que o uso não autorizado dos personagens da série Os Muppets em sua propaganda na TV serviu a uma conscientização contra o bullying. Ela sugeriu que o conteúdo deve permanecer no ar enquanto não ocorrer decisão judicial determinando o contrário.

"Se eles acharem que tem de ser retirado, eles que acionem a Justiça, é simples. Essa é uma questão jurídica", disse a candidata. "A minha propaganda, envolvendo a questão dos Muppets, foi uma propaganda antibullying, para que as pessoas entendam. Foi uma propaganda decente."

Miss Piggy, da série The Muppets, em campanha eleitoral de Joice 
Miss Piggy, da série The Muppets, em campanha eleitoral de Joice
Foto: Reprodução / Estadão

Na semana passada, a campanha de Joice foi responsável pela retirada de um vídeo de 16 segundos do candidato Guilherme Boulos (PSOL) do ar, após questionar a Justiça Eleitoral. O motivo foi o uso da imagem do ator Wagner Moura por quase todo o o vídeo, pois a legislação eleitoral determina que cada apoiador deve aparecer por, no máximo, 25% do tempo total de exibição.

Já em relação ao vídeo de Joice, a Disney confirmou que não autoriza o uso de qualquer personagem em propagandas políticas. A candidata, no entanto, disse que a empresa ainda não questionou a campanha judicialmente. "A Disney diz que não autorizou, mas também não acionou (na Justiça)", diz Joice.

O uso da personagem Miss Piggy, dos Muppets, é um referência a ataques que Joice sofreu nas redes sociais. Internautas passaram a fazer piada com o peso da deputada e usavam xingamentos como "Peppa Pig", "porca" e "orca". Um dos trechos da propaganda mostra vários personagens da série cantando o lema da campanha: "tem jeito, tem Joice".

Veja também:

BPFron detém passageiro de ônibus com 23 quilos de haxixe, em Cascavel
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade