PUBLICIDADE

Questão sobre flores em Olimpíada de Matemática revolta web; veja solução

Dúvidas sobre como resolver equação revoltou alguns estudiosos nas redes sociais

6 jun 2024 - 20h48
(atualizado às 21h41)
Compartilhar
Exibir comentários
Questão sobre flores em olimpíada de matemática movimenta internet
Questão sobre flores em olimpíada de matemática movimenta internet
Foto: Reprodução/YouTube

Se você esteve online nas redes sociais nos últimos dias, há grandes chances em ter passado pelo seu feed uma ou outra reclamação sobre uma questão da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), que aconteceu na última terça-feira, 4. Em específico, uma envolvendo cinco flores diferentes. 

No X (antigo Twitter), alguns internautas que tentaram o exame compartilharam revolta com a pergunta. Um dos posts tem mais de 100 mil curtidas.

Mas será que vale toda essa raiva? Veja como era a questão:

“Ana, Bia e Carla visitaram a floricultura de seu bairro. O vendedor separou as 5 flores mostradas na figura e disse que iria presentear cada uma com uma dessas flores.

Carla escutou a seguinte conversa entre Bia e Ana:

-Bia disse: "Oi Ana, eu e Carla sabemos a cor de cada uma das flores que vamos ganhar, mas nem eu nem ela sabemos as quantidades de pétalas das flores que cada uma de nós irá ganhar".

- Ana disse: "Eu sei a quantidade de pétalas da flor que vou ganhar, mas não sei a cor".

A partir dessa conversa, Carla descobriu a flor que Ana vai ganhar. Qual é essa flor?”

Abaixo, vinham cinco opções com as flores para que o estudante pudesse escolher. 

Como resolver?

De acordo com Pedro Malagutti, membro do comitê de provas da Obmep, a questão envolve lógica e interpretação de texto para ser resolvida.

"Sabemos, pelo enunciado, que cada uma das pessoas ganhará uma das flores entre as cinco mostradas. Duas das flores têm o mesmo número de pétalas (três), mas têm cores diferentes", explicou ao jornal ‘A Folha de São Paulo’

"Em uma primeira leitura, a fala de Ana é a única que traz informações a se destacar: ela sabe a quantidade de pétalas, mas não a cor. Com esse dado sobre a Ana, é possível apreender que essa dúvida somente é possível caso Ana receba a flor com três pétalas. Agora sabemos que Ana receberá uma flor de três pétalas", detalhou. 

Em seguida, o especialista retorna a leitura do enunciado, onde Carla, que está escutando tudo, ouve Bia falando que ambas sabem as cores das flores que vão ganhar, mas não sabem quantas pétalas elas têm. 

"Com as informações que escuta de Ana, ela é capaz de descobrir a flor que Ana ganhará. Sabemos, então, que ela tem certeza de qual flor é. A certeza só pode ocorrer em um cenário: caso tanto Carla quanto Bia recebam flores roxas, considerando que uma das roxas também será a de três pétalas, dessa forma, a flor de Ana só pode ser a amarela de três pétalas", explicou. 

Ainda segundo Malagutti, o único cenário que dá certeza para a conclusão de Carla é caso ela e Bia recebam as duas flores roxas disponíveis, o que, necessariamente, fará com que Ana receba a flor amarela de três pétalas —já que a outra flor de três pétalas será de Carla ou de Bia.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade