PUBLICIDADE

Ministério da Ciência e Tecnologia gastou quase R$ 97 mil em clube de choro no fim de ano, diz jornal

Pasta afirmou que evento fez balanço de ações de 2023, e foi seguido de uma confraternização, com custos rateados entre os servidores

24 fev 2024 - 10h28
(atualizado às 10h31)
Compartilhar
Exibir comentários
Ministra da Ciência e Tecnologia Luciana Santos
Ministra da Ciência e Tecnologia Luciana Santos
Foto: FELIPE RAU /ESTADÃO / Estadão

Quase R$ 97 mil foram gastos na reunião de balanço das atividades de 2023 do Ministério da Ciência e Tecnologia em dezembro. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a festa foi realizada no Clube do Choro, em Brasília. 

O evento ocorreu em 19 de dezembro, e teve ordem de serviço assinada por Rubens Diniz, chefe de gabinete da ministra Luciana Santos (PCdoB), e por Lucielen Barbosa, chefe da assessoria do cerimonial. Ao todo, foram pagos R$ 96.835 pela pasta. 

Conforme o contrato com a empresa Soluction Logística e Eventos, estavam previstos o fornecimento de 600 refeições, com valor total de R$ 30 mil.  O cardápio tinha uma opção de carne vermelha e carne branca; um tipo de massa; três guarnições, o documento cita arroz, feijão, legumes e batatas; duas opções de sobremesa (doces, frutas da época, gelatina e sorvetes); e bebidas (dois tipos de suco de fruta, dois tipos de refrigerante, sendo um diet, água e café). Louças, talheres e demais artigos necessários para a montagem também foram exigidos. 

Além disso, a ordem também especifica R$ 18 mil para montagem, manutenção e desmontagem de uma tenda, R$ 24 mil para mobiliário, equipamentos tecnológicos e paisagismo no local, e R$ 20 mil para locação do espaço.

O caso veio à tona após o governo divulgar que  estuda a criação de um programa formal para a revisão de gastos públicos, elaborada pela equipe do Ministério do Planejamento e Orçamento. 

O Terra pediu um posicionamento da pasta, mas até o momento não teve retorno. No entanto, à Folha, o ministério respondeu que o "valor descrito na nota e ordem de serviço diz respeito à locação de espaço, alimentação e infraestrutura do evento de balanço das ações do ministério em 2023”, e que a reunião foi seguida por “uma confraternização por adesão que teve os custos rateados entre os servidores e colaboradores das diferentes áreas da pasta". 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade