Japonês diz ter resolvido 'problema matemático mais complexo'

19 set 2012
11h31
atualizado às 11h47

Um matemático da Universidade de Kyoto publicou um documento contendo 500 páginas na internet que descreve a prova da conjectura ABC, uma declaração sobre a relação entre números primos que tem sido considerado o problema não resolvido mais importante e complexo da matemática.

Show do milhão da matemática: veja alguns dos problemas mais difíceis do mundo

De acordo com o jornal britânico Telegraph, Shinichi Mochizuki, 43 anos, levou quatro anos para calcular as provas e, caso elas sejam confirmadas, seria um dos maiores alcances matemáticos deste século. A confirmação, porém, pode demorar o mesmo tempo que Mochizuki levou para criar a nova linguagem matemática, que explica os passos tomados para chegar à conclusão do cálculo.

A conjectura ABC foi primeiramente proposta pelo matemático britânico David Masser, em 1985, juntamente com o francês Joseph Oesterle. No entanto, a teoria nunca foi provada. Ela se refere à equação a+b=c, que envolve o conceito de números que não podem ser divididos pelo quadrado de qualquer número. Por exemplo, 15 e 17 são números quadrados, mas 16 não, por que é divisível por 32.

O matemático Dorian Goldfeld, da Columbia University em Nova York, afirmou que a descoberta de Mochizuki é "um dos maiores alcances matemáticos do século 21". Em seu website, Mochizuki se descreveu como um "geométrico inter universal", e não um matemático.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade