Instituições de ensino superior têm até esta segunda para manifestar interesse no ProUni

Após manifestação de interesse, instituições devem realizar até 27 de maio adesão ao programa

20 mai 2019
13h55
  • separator
  • 0
  • comentários

SÃO PAULO - As instituições de educação superior que desejarem participar do Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre deste ano têm até esta segunda-feira, 20, para manifestar o interesse através do Sistema ProUni. O programa federal garante bolsas custeadas pelo Ministerio da Educacao (MEC) em faculdades privadas.

A formalização de interesse em aderir aoProuni é obrigatória tanto no caso de primeira adesão quanto para renovação. Após a manifestação de interesse, as instituições devem realizar a adesão ao ProUni até o dia 27 de maio.

A adesão é facultativa para instituições que não possuem Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). Também não é obrigatória a renovação das que comprovarem a quitação de tributos e contribuições administrados pela Receita Federal.

Instituições de ensino superior têm até esta segunda para manifestar interesse no ProUni
Instituições de ensino superior têm até esta segunda para manifestar interesse no ProUni
Foto: Reprodução site Prouni / Estadão

Número de bolsas

Os termos de adesão ou aditivos informarão o número de bolsas a serem ofertadas para cada curso e turno pelas instituições de educação superior participantes do processo seletivo referente ao segundo semestre de 2019.

Finalidade do ProUni

O Prouni tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas.

Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) conjugando-se inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.

O Prouni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2018, mais de 2,47 milhões de estudantes, sendo 69% com bolsas integrais.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade