Momentos decisivos da Alemanha do Século XIX

27 set 2017
16h59
atualizado em 29/9/2017 às 10h52
  • separator
  • comentários

Três importantes momentos marcaram a Alemanhã no Sécculo XIX. Conheça melhor cada um deles.

Freiheitskrig ou Befreiungskrieg (Guerra de Libertação, 1813-5)

Freiheitskrig ou Befreiungskrieg (Guerra de Libertação, 1813-5)
Freiheitskrig ou Befreiungskrieg (Guerra de Libertação, 1813-5)
Foto: Voltaire Schilling / Divulgação

Na esteira do desastre de Napoleão na Rússia, em 1812, o rei da Prússia Frederico Guilherme III conclama o povo alemão à revolta (Ein Mein Volk!). Milhares de voluntários (Landsturm) se apresentam para reforçar os regimentos profissionais dando início a uma revolta generalizada contra o ocupante francês.

O levante se transforma em guerra generalizada e tem o seu epílogo na vitória dos aliados anglo-prussianos na batalha de Waterloo, março de 1815.

Märzrevolution (Revolução de 1848)

Märzrevolution (Revolução de 1848)
Märzrevolution (Revolução de 1848)
Foto: Voltaire Schilling / Divulgação

Igualmente conhecida como a Primavera dos Povos. Tentativa revolucionária de remover o autoritarismo e o poder imperial das dinastias europeias reinantes. Começou em Paris, em fevereiro e alcançou a Alemanha em março, espalhando-se para boa parte da Europa.

O clima de rebeldia permitiu inicialmente que fosse criada a Nationalversammlung, a primeira assembleia nacional de representantes da Alemanha inteira, então com 39 Estados, na Pauliskirsche, em Frankfurt, em 1848-9, para a elaboração de uma constituição válida para a Alemanha inteira. A repressão desencadeada pelo rei da Prússia Frederico Guilherme IV, sepultou para sempre a possibilidade da nação seguir um modelo monárquico constitucional ou uma república democracia liberal.

O golpe real moldou por muitas décadas um perfil autoritário à sociedade e à politica alemã. Situação que se estendeu até 1945, com a derrocada do III Reich dos nacional-socialistas.

Deutsches Einigung (Unificação alemã, 1871)

Deutsches Einigung (Unificação alemã, 1871)
Deutsches Einigung (Unificação alemã, 1871)
Foto: Voltaire Schilling / Divulgação

Unificação alemã, celebrada no Palácio de Versalhes em 1871, após a vitória sobre Napoleão III. Ocasião em que os príncipes alemães lá reunidos por Otto von Bismarck, conferem ao rei da Prússia, Guilherme I o titulo de Imperador do II Reich (1871-1918). Pela constituição bismarkiana de 1873, o controle do exército, da marinha, e da politica externa, bem como as finanças, passaram a ser assumidas pelo reino da Prússia, transformado em sede do II Reich.

A Unificação serviu como grande impulso para a nação tornar-se a primeira potência econômica e militar da Europa. O que a jogou em aberto desafio aos impérios já constituídos (o britânico, o francês e o russo). Fato que foi fundamental para provocar a Primeira Guerra Mundial (1914-18).

Veja também

Fonte: Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade